Macedónia diz que “erro técnico” mudou voto de Pandev em Mourinho

“Não há dúvida de que Goran Pandev deu o seu voto a José Mourinho”, explica o organismo.

Pandev é o capitão da Macedónia
Foto
Pandev é o capitão da Macedónia John Thys/AFP

A Federação de Futebol da Macedónia revelou que o capitão Goran Pandev votou em José Mourinho para melhor treinador de 2012, mas que, devido a um “erro técnico” do organismo, o mesmo acabou em Vicente del Bosque.

A explicação surge dias após o treinador português ter explicado que faltou à gala da FIFA depois de saber que alguns dos votos que supostamente eram para ele foram atribuídos ao seleccionador de Espanha, versão que Pandev confirmou.

A Federação da Macedónia tenta explicar os “rumores e especulações” em torno do voto de Pandev, contando que o futebolista foi contactado telefonicamente e “confirmou verbalmente” as suas opções para cada uma das categorias.

“Elegeu José Mourinho como melhor treinador de 2012. Na votação, Goran Pandev deu cinco pontos a José Mourinho. No entanto, quando o formulário foi preenchido, e devido a um erro técnico sem qualquer intenção de modificar a eleição de Pandev, marcou-se o nome de Vicente del Bosque. No dia seguinte, o formulário foi enviado à FIFA. Foi um erro técnico. Não há dúvida de que Goran Pandev deu o seu voto a José Mourinho”, esclarece a federação.

A instituição solicita à FIFA que se desculpe para com Pandev e Mourinho, e acrescenta esperar que o seu erro não tenha significado consequências na eleição do melhor treinador do ano.

A FIFA respondeu às acusações de Mourinho e do seu antigo pupilo no Inter, exibindo o documento enviado pela federação da Macedónia, assinado pelo seleccionador Cedomir Janevski e pelo próprio Pandev, mostrando que ambos votaram em Del Bosque.