Lauren Pears conseguiu angariar 109 mil libras para abrir o seu café para gatos Kevinlin1013/ Flickr
Foto
Lauren Pears conseguiu angariar 109 mil libras para abrir o seu café para gatos Kevinlin1013/ Flickr

Londres vai ter um Cat Café a partir de Maio

O projecto surgiu para dar resposta às dificuldades que muitas famílias enfrentam, impossibilitando a adopção de um animal

Chama-se "Dinah's Cat Emporium" e é o primeiro café com gatos de Londres. A ideia surgiu de Lauren Pears, uma empresária da Sony PlayStation que, desde 2012, arrecada fundos para o projecto.

A ideia do estabelecimento é simples: os gatos, adoptados de uma associação, circulam livremente pelo espaço e as pessoas podem interagir com os animais enquanto comem ou bebem. O espaço vai ter capacidade para 40 a 50 pessoas e vai ainda disponibilizar comida vegetariana.

Por cinco libras (aproximadamente seis euros), os clientes podem entrar e ficar no café o tempo que desejarem. Para além disso, os amantes de animais que não tenham condições para adoptar, podem cuidar dos animais ou ajudar na alimentação de um gato do estabelecimento.

Lauren afirma que este projecto acarreta inúmeras responsabilidades, uma vez que tem que assegurar boas condições de saúde e higiene, tanto para as pessoas como para os animais. Gastos com consultas veterinárias, ração e medicamentos são algumas das preocupações da empresária que, mesmo assim, não desiste do objectivo.

A angariação de fundos para levar a cabo a ideia foi feita através de "crowdfunding", no IndieGoGo. A meta era de 108 mil libras, mas as doações superaram as expetativas, ultrapassando o valor inicial.

Agora, o estabelecimento estará aberto durante seis dias por semana e o próximo desafio passa por conseguir voluntários que queiram cuidar dos animais em troca de um lugar para trabalhar ou estudar - e também de uma refeição.