Raikkonen vence primeira corrida da época

Finlandês da Lotus ganha GP da Austrália em Fórmula 1.

Foto
Raikkonen festeja Daniel Munoz/Reuters

Nem Sebastian Vettel, nem Fernando Alonso. O vencedor da primeira corrida da temporada de Fórmula 1 foi o finlandês Kimi Raikkonen (Lotus), que cortou a meta em primeiro lugar no Grande Prémio da Austrália apesar de ter saído apenas do sétimo lugar da grelha de partida.

Fernando Alonso (Ferrari) foi o segundo e Sebastian Vettel (Red Bull) o terceiro.

 Raikkonen tirou partido de ter feito apenas duas paragens nas “boxes”, contra as três de Alonso e Vettel, e conquistou a 20.ª vitória da carreira.

“Consegui poupar os pneus e ir mais rápido quando quis. Foi uma das corridas mais fáceis de vencer. Espero ter mais corridas como esta”, disse o finlandês.

A qualificação realizou-se apenas seis horas antes da corrida, depois de a chuva ter obrigado ao adiamento da sessão de sábado.

Vettel dominou a qualificação, conquistou a pole position, mas não conseguiu manter o ritmo na corrida.

Raikkonen saiu apenas do sétimo lugar, mas uma boa partida permitiu-lhe subir à quarta posição e ficar em posição de lutar pela vitória.

E depois a Lotus mostrou ser a equipa mais capaz de gerir o desgaste dos pneus, já que as principais rivais tiveram de efectuar três paragens.

Fernando Alonso mostrou-se satisfeito com o segundo lugar. "Neste momento, sou a segunda pessoa mais feliz da Fórmula 1", disse o espanhol, citado pela Marca, sublinhando que este arranque é muito melhor do que o dos anos anteriores. 

Felipe Massa, o outro piloto da Ferrari, também não se saiu mal, ficando no quarto lugar.

Na estreia pela Mercedes, Lewis Hamilton foi quinto, fazendo bem melhor do que a sua ex-equipa: Jenson Button foi nono e Sergio Pérez 11.º.
 

Classificações

GP da Austrália
1.º  Kimi Raikkonen (Lotus-Renault) 1h30m03.225s
2.º  Fernando Alonso (Ferrari), a 12.451s
3.º  Sebastian Vettel (Red Bull-Renault), a 22.346s
4.º  Felipe Massa (Ferrari), a 33.577s
5.º  Lewis Hamilton (Mercedes), a 45.561s
6.º  Mark Webber (Red Bull-Renault), a 46.800s
7.º  Adrian Sutil (Force India-Mercedes), a 1m05.068s
8.º  Paul di Resta (Force India-Mercedes), a 1m08.449s
9.º  Jenson Button (McLaren-Mercedes), a 1m21.630s
10.º  Romain Grosjean (Lotus-Renault), a 1m22.759s
11.º  Sergio Perez (McLaren-Mercedes), a 1m23.367s
12.º  Jean-Eric Vergne (Toro Rosso-Ferrari), a 1m23.857s
13.º  Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) a 1 volta
14.º  Valtteri Bottas (Williams-Renault), a 1 volta
15.º  Jules Bianchi (Marussia-Cosworth), a 1 volta
16.º  Charles Pic (Caterham-Renault), a 2 voltas
17.º  Max Chilton (Marussia-Cosworth), a 2 voltas
18.º  Giedo van der Garde (Caterham-Renault), a 2 voltas

Não terminaram a corrida
Daniel Ricciardo (Toro Rosso-Ferrari)
Nico Rosberg (Mercedes)
Pastor Maldonado (Williams-Renault)
Nico Hulkenberg (Sauber-Ferrari)

Mundial de pilotos
1.º  Raikkonen      25       
2.º  Alonso         18       
3.º  Vettel         15        
4.º  Massa          12
5.º  Hamilton       10       
6.º  Webber          8       
7.º  Sutil           6      
8.º  Di Resta        4      
9.º  Button          2      
10.º  Grosjean        1      

Mundial de construtores
1.º  Ferrari 30
2.º  Lotus-Renault 26
3.º  Red Bull-Renault 23
4.º  Mercedes 10
5.º  Force India-Mercedes 10
6.º  McLaren-Mercedes 2

Sugerir correcção