“Paços está a ser a surpresa no campeonato”, diz Jorge Jesus

O treinador do Benfica garantiu que a equipa está “confiante” para vencer na recepção aos pacenses.

O Paços é uma surpresa, mas o Benfica está preparado, garante Jorge Jesus
Foto
O Paços é uma surpresa, mas o Benfica está preparado, garante Jorge Jesus Patrícia de Melo Moreira/AFP

“É uma equipa que está a ser a surpresa no campeonato. Vamos defrontar um Paços atrevido, de certeza, com as suas movimentações ofensivas e defensivas e estamos preparados para todas as situações e tentar, como temos feito até aqui, sermos melhores que os nossos adversários para conquistar a vitória”, disse o treinador do Benfica, na conferência de imprensa de antevisão do jogo da 20.ª jornada da I Liga.

Segundo o treinador dos “encarnados”, a equipa “vai estar poderosa” e, se não jogar bem, “é porque o adversário não deixou”, desvalorizando o facto de o Benfica ter jogado quinta-feira com os alemães do Bayer Leverkusen (2-1), na segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa. “O jogo com o Bayer Leverkusen só serviu para nos dar mais confiança, para demonstrar que passámos um adversário muito forte, o que faz com que a equipa esteja muito mais moralizada, sempre pela positiva, nunca pela negativa”, avaliou o técnico do clube da Luz.

Quanto ao adversário de domingo, terceiro classificado na I Liga, com 35 pontos, Jorge Jesus enalteceu o trabalho desenvolvido por todos aqueles que estão ligados ao Paços de Ferreira. “O Paços de Ferreira e até os seus dirigentes não pensavam que, nesta altura, a equipa estivesse a fazer um campeonato tão bonito e tão bom. É uma surpresa para todos, mas também é uma demonstração da qualidade do trabalho que todas as pessoas ligadas ao clube têm vindo a desenvolver”, frisou.

Questionado acerca dos elogios por parte dos adeptos e sócios “encarnados” que recebeu de manhã, aquando da entrega dos emblemas de prata e ouro, Jorge Jesus demonstrou-se agradecido pelo facto de o seu trabalho ser reconhecido. “É muito importante, fico contente porque como treinador procuro dar o máximo e nestes quatro anos, quando os sócios vêem não só a parte da frente da árvore, mas também a parte de trás, isso é muito importante. Ficamos contentes quando falam da qualidade do nosso trabalho”, reconheceu.

O Benfica, actualmente na segunda posição da I Liga, atrás do FC Porto, mas com os mesmos pontos (49), recebe domingo, às 19h15 (SP-TV1), o Paços de Ferreira, terceiro, no Estádio da Luz, num jogo que será dirigido pelo arbitro João Capela, de Lisboa.