Jesus garante que eliminou uma equipa do mais forte campeonato do mundo

Treinador do Benfica quer agora recuperar a equipa para defrontar o Paços de Ferreira, no domingo, para o campeonato.

Foto

Apesar da satisfação em ter eliminado um forte adversário na Liga Europa, Jorge Jesus está preocupado com a recuperação da equipa para defrontar o Paços de Ferreira, este domingo no Estádio da Luz, para o prioritário campeonato nacional.

"Esta eliminatória foi difícil. O Benfica jogou contra uma grande equipa do campeonato alemão, que é o mais forte do mundo, neste momento", garantiu o técnico português, no final do encontro, em declarações ao flash interview da SIC, justificando a sua análise com as três formações germânicas ainda presentes na Liga dos Campeões: Bayern Munique, Dortmund e Schalke.

"Tivemos de ser felizes nos dois jogos [da eliminatória]. Estamos satisfeitos, mas estes jogos deixam sequelas", avisou, não querendo ainda antecipar os oitavos-de-final da Liga Europa, onde o Benfica irá defrontar os franceses do Bordéus.

"Agora só estou preocupado com o Paços de Ferreira, no domingo", explicou.

Também o guarda-redes Artur destacou o mérito "encarnado" nesta eliminatória. "O Bayer Leverkusen colocou muitos jogadores na frente, mas tivemos capacidade de ultrapassar as dificuldades e inteligência para gerir o resultado", concluiu.

Já Ola John, autor do primeiro golo do Benfica esta quinta-feira, mostrou-se agradado pela grande jogada que construiu e que rabriu o marcador. "Estou feliz e esta foi uma boa vitória para a equipa. Senti-me confortável em jogar contra uma grande equipa como o Bayer Leverkusen", referiu o médio holandês.