USDAgov/ Flickr
Foto
USDAgov/ Flickr

Coopjovem vai apoiar 945 jovens e criar 100 cooperativas em 2013

Programa destina-se a jovens que queiram criar uma cooperativa ou investir numa existente. Bolsas variam entre os 419,22 e os 691 euros mensais. Candidaturas até Setembro

Já estão abertas as candidaturas ao Coopjovem, um programa de apoio ao empreendedorismo cooperativo que atribui bolsas até 691 euros mensais a jovens que queiram criar uma cooperativa ou investir numa cooperativa agrícola existente.

O programa, criado no âmbito do Impulso Jovem, vai aplicar 2,7 milhões de euros na criação de 100 cooperativas jovens durante o ano de 2013.

A bolsa mensal do Coopjovem é atribuída pelo período máximo de seis meses e pode ser de três valores diferentes: 419,22 euros, para jovens sem ensino secundário completo, 544 euros, para quem tem o secundário completo, e entre 691 euros para jovens com ensino superior completo.

Podem candidatar-se a este programa jovens das regiões Norte, Centro e Alentejo, com idades entre os 18 e os 30 anos (no caso das cooperativas agrícolas podem ter até 40 anos) e que possuam, pelo menos, o 9.º ano de escolaridade e que queiram construir uma cooperativa que tenha entre 5 e 9 cooperadores.

Os jovens que virem a sua candidatura aprovada terão também acesso a apoio técnico na estruturação da ideia e plano de negocio, através de sessões de orientação, "workshops" e "coaching". É também disponibilizada uma linha de crédito ao investimento, bonificada e garantida, no âmbito da tipologia Microinvest.

As candidaturas já podem ser feitas no site da Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, responsável pela gestão do programa, e prolongam-se até ao dia 30 de Setembro.