PCP quer explicações sobre nomeação para director-geral do novo secretário de Estado

Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agro-Alimentar foi criada na mais recente mini-remodelação governamental.

PCP quer esclarecimentos sobre secretário de Estado indicado pelo CDS para o Ministério da Agricultura
Foto
PCP quer esclarecimentos sobre secretário de Estado indicado pelo CDS para o Ministério da Agricultura Daniel Rocha

O deputado comunista João Ramos quer explicações sobre a nomeação para director-geral de Veterinária, em termos efectivos, de Alexandre Nuno Vieira e Brito, dois dias antes de tomar posse como secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agro-Alimentar.

Alexandre Nuno Vieira e Brito era director-geral de Veterinária em regime de substituição desde o passado mês de Novembro e foi nomeado para o mesmo cargo em comissão de serviço de cinco anos no dia 30 de Janeiro deste ano. O seu nome foi indicado para ocupar a nova Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agro-Alimentar pelo Governo ao Presidente da República no dia seguinte (31 de Janeiro) e a tomada de posse aconteceu dois dias depois, dia 1 de Fevereiro.

"Quando deixar de ser governante, terá o seu lugar garantido", afirmou aos jornalistas, no Parlamento, João Ramos, que considerou esta nomeação "politicamente inadmissível".

O deputado comunista refere ainda que Alexandre Nuno Vieira e Brito era membro da Comissão de Recrutamento e Selecção da Administração Pública, que em Outubro do ano passado abriu concurso para o cargo de director-geral de Veterinária. "Como perito indicado pelo Ministério da Agricultura [Alexandre Vieira e Brito] avaliou o seu próprio currículo", acusou João Ramos.

A Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agro-Alimentar foi criada nesta mini-remodelação governamental no Ministério da Agricultura e Alexandre Vieira e Brito foi indicado pelo CDS.