The Color Run: Mais de 12 mil vão colorir Matosinhos

A pouco mais de um mês do início do The Color Run, já se sabe que são 12.500 os participantes e qual o percurso oficial dos cinco quilómetros mais coloridos do mundo

Foi apresentada oficialmente hoje, dia 5, a primeira corrida The Color Run a ter lugar na Europa. Portugal antecipou-se a tudo e a todos e, a 10 de Março, vai pegar no conceito que nasceu nos EUA e que, agora, está a chegar à Austrália e a Espanha, para começar a afastar o cinzentismo instalado na comunidade europeia.

Matosinhos vai ter essa honra e, de certeza, são já muitos os que estão ansiosos para correr ao longo dos cinco quilómetros mais coloridos do mundo. Pelo menos, os que se conseguiram inscrever a tempo, antes de as vagas esgotarem. "Os participantes já são mais do que os que foram anunciados. São 12.500", revelou ao JPN Jorge Azevedo, organizador do evento, à margem da conferência de imprensa de apresentação do The Color Run.

E já que estamos numa de números, "pessoal do 'staff' vão ser cerca de 50 a 60. Além disso, vamos ter 250 voluntários por corrida. É uma equipa grande e empenhada", conta ainda Jorge Azevedo, para ajudar os participantes a desfrutarem da corrida que inicia às 11h00 de 10 de Março (domingo), na Praça Guilhermina Suggia. Depois segue pela Avenida Comércio de Leixões - ponte nova (IC1/A28) - Quinta da Conceição - Ponte Móvel de Leixões - Rua Álvaro Castelões - Câmara de Matosinhos - Avenida D. Afonso Henrique, para terminar, outra vez, na Praça Guilhermina Suggia.

PÚBLICO -
Foto

Vai ser este o percurso oficial do The Color Run de Matosinhos, mas o objetivo não será começar a corrida a pensar na meta. O que a organização propõe é que todos os "runners" desfrutem das pulverizações de cores com que, a cada quilómetro, se é brindado, para que, no fim, já como verdadeiros "arcos-íris" humanos, todos comparem pinturas e convivam ao som da música que não vai faltar.

Explosão de cor para sair do cinzentismo

Presente na conferência de imprensa de apresentação do evento, Guilherme Pinto, presidente da Câmara de Matosinhos, mostrou-se "muito satisfeito" pelo facto de o The Color Run ter escolhido a cidade portuense para entrar na Europa. "Precisamos de romper com as expectativas. Esta explosão de cor não vai deixar ninguém indiferente", disse.

"Quando dizemos que é preciso sair do cinzentismo, estes 12 mil expressam bem aquilo que as pessoas esperam (...) e vão mostrar aos 10 milhões de portugueses que pode haver um dia diferente", referiu o autarca, que até vestiu a camisola para dar o exemplo.

No entanto, muitos outros portugueses ainda vão ter oportunidade de participar na corrida, já que estão confirmadas edições para Coimbra (4 de Maio), Braga, Lisboa e Algarve (ainda sem datas oficiais).