Sindicatos de transportes querem reunir com ministério devido a vaga de acidentes

Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações vai pedir reunião com Ministério da Administração Interna depois de acidente de autocarro que matou 11 pessoas.

Na última semana, houve mais do que um acidente que envolveu motoristas
Foto
Na última semana, houve mais do que um acidente que envolveu motoristas Nelson Garrido

A Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS) vai pedir uma reunião urgente na segunda-feira ao Ministério da Administração Interna por causa dos acidentes que se têm verificado nos últimos dias e que envolveram motoristas, disse um dirigente do sindicato. Neste domingo, 11 pessoas morreram num despiste de um autocarro na Sertã.

Nos últimos dias, segundo Vítor Pereira, dirigente da FECTRANS, ocorreram vários acidentes a assinalar: um na semana passada no IC19, que liga Lisboa a Sintra, outro no sábado, com uma carrinha que transportava suínos na A1 e agora, neste domingo, um despiste na Sertã de um autocarro que levava 40 pessoas, provocando 11 mortos.

“Os níveis de stress e de pressão dos motoristas têm aumentado por causa da situação do país. É preciso tomar não só medidas quanto ao álcool mas também em relação a outras coisas. Toda esta situação pode não só pôr em causa a vida dos motoristas, mas também todos os passageiros e automobilistas que circulam nas estradas”, afirmou o dirigente sindical.

Sugerir correcção