Cronologia do caso Lance Armstrong

Cronologia do que aconteceu ao ciclista norte-americano, desde que as primeiras acusações públicas de recurso ao doping surgiram até à sua confissão.

Fotogaleria
Durante uma acção da Clinton Global Initiative, em 2010 Lucas Jackson/Reuters
Fotogaleria
Controlo médico antes do início do 90th Tour de France, em 2012 FRANCK FIFE/AFP
Fotogaleria
Treino em Tenerife, Espanha, em 2009 Santiago Ferrero/Reuters
Fotogaleria
Durante o 92º Tour de France, em 2005 JOEL SAGET/AFP
Fotogaleria
Com o colega de equipa Geogre Hincapie, da Discovery Channel/USA, em 2005 JOEL SAGET/AFP
Fotogaleria
Durante a 57th Dauphine Libere, em 2005 FRANCK FIFE/AFP
Fotogaleria
Lance Armstrong e Oprah Winfrey durante a entrevista HARPO STUDIOS, INC/GEORGE BURNS/AFP
Fotogaleria
Camisolas amarelas autografadas na sede da instituição de caridade e luta contra o cancro Livestrong Aaron M. Sprecher/AFP
Fotogaleria
Com o antigo presidente Bill Clinton na Casa Branca, EUA, 1999 Win McNamee/REUTERS
Fotogaleria
No jogo entre os Chicago Fire e os Sporting Kansas City no LiveStrong Sporting Park, 2011 Jamie Squire/Getty Images/AFP
Fotogaleria
Durante o 15º aniversário da Livestrong, em 2012 REUTERS/Elizabeth Kreutz/Lance Armstrong Foundation
Fotogaleria
Durante o Cape Argus Cycle Tour, África do Sul, em 2010 Mike Hutchings/REuters
Fotogaleria
Durante uma iniciativa da Livestrong, em 2009 TIZIANA FABI/AFP
Fotogaleria
Durante o 86º Tour de France, em 1999 JOEL SAGET/AFP
Fotogaleria
Durante o 92º Tour de France, em 2005 JOEL SAGET/AFP
Fotogaleria
Combinação de fotografias que mostra os sete momentos de consagração como vencedor do Tour e uma fotografia onde Lance exibe o número de vitórias AFP
Fotogaleria
Durante uma etapa do Tour de France, em 2010 Fred Mons/AFP
Fotogaleria
Um cartaz contra o doping durante a passagem de Lance por Mont Ventoux, no 89º Tour JOEL SAGET/AFP

Foram quase três anos de dúvidas, suspeitas e rumores. Lance Armstrong, o recordista de camisolas amarelas na Volta à França, passou a estar no centro de todas as especulações na Primavera de 2010. Desde essa altura, os indícios de que o norte-americano tinha protagonizado uma farsa acumularam-se. Até esta sexta-feira.

20 de Maio de 2010

Floyd Landis, que perdeu o título no Tour 2006 por um controlo antidoping positivo, acusa Armstrong (ex-colega de equipa) de se ter dopado. A Food and Drug Administration (FDA) abre um inquérito, conduzido por Jeff Novitzky, o mesmo que apanhou a velocista Marion Jones.

19 de Janeiro de 2011

A Sports Illustrated publica um artigo acusando Armstrong de ter sido o "instigador" de um esquema de dopagem na Motorola nos anos 1990.

21 de Abril de 2011

Tyler Hamilton, outro ex-colega de Armstrong apanhado por doping, confessa à CBS que viu o compatriota injectar EPO no Tour 1999. Armstrong responde: "500 controlos em todo o mundo, em prova e fora de competição. Nunca positivo. Os factos falam por si mesmos."

20 de Maio de 2011

Segundo a CBS, George Hincapie, o único ciclista que acompanhou Armstrong nos seus sete triunfos no Tour, confessa a investigadores federais que viu o amigo dopar-se.

3 de Fevereiro de 2012

A justiça federal norte-americana abandona a investigação contra Armstrong, sem apresentar justificações.

13 de Junho de 2012

A Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) abre um inquérito disciplinar a Armstrong e a cinco elementos da sua equipa.

9 de Julho de 2012

Alegando estar a ser vítima de uma "vingança", Armstrong recorre aos tribunais civis para deter o inquérito da USADA.

20 de Agosto de 2012

Juiz do tribunal federal recusa o pedido de Armstrong.

23 de Agosto de 2012

Armstrong anuncia que não responderá às acusações da USADA.

24 de Agosto de 2012

USADA bane Armstrong e retira-lhe os títulos e prémios monetários desde 1998 (incluindo, por isso, os seus sete triunfos no Tour).

10 de Outubro de 2012

A USADA assegura que a US Postal e Lance Armstrong desenvolveram o "mais sofisticado e profissional" programa de dopagem alguma vez concebido.<_o3a_p>

22 de Outubro de 2012

A União Ciclista Internacional (UCI) decide não recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) e pune Lance Armstrong com uma suspensão vitalícia, retirando-lhe todas as vitórias na Volta à França.

17 de Janeiro de 2013

O Comité Olímpico Internacional revela que pediu a lance Armstrong devolução da medalha de bronze que conquistou nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000.

18 de Janeiro de 2013

Lance Armstrong confessa num programa televisivo que se dopou em todas as sete Voltas à França que ganhou.
 
 
 

Sugerir correcção