Foto

As melhores ideias de 2012

Miguel Gonçalves, fundador da Spark Agency e dinamizador do “So Pitch”, olhou à sua volta e escolheu as melhores ideias de 2012, sempre com um cheirinho a empreendedorismo

2012 foi um ano em que o empreendedorismo entrou um pouco mais na agenda colectiva de Portugal e acredito que, em determinados focos de actuação, 2013 será um ano olímpico para Portugal.

Estes são alguns dos projectos, empresas, iniciativas e outros rasgos de ousadia que, por virtude do seu índice de disrupção, mais gostei de acompanhar e destaco em 2012.

Q-Better no mercado internacional

PÚBLICO -
Foto

Cresce em Braga e desenvolve software de "digital signage" e soluções para "retail analytics". Apesar de ser uma empresa muito jovem, ataca com força e agressividade o mercado internacional e exporta de forma prodigiosa. Em 2012 registaram um crescimento assinalável, é um grande "player" a acompanhar nos próximos anos.

PÚBLICO -
Foto

ImobileMagic e mobile software b2b

Em 2012, cresceram a equipa até cerca de dez pessoas e trouxeram ao mercado grandes aplicações no segmento Corporate, posicionamento e rigor que os levou a trazer para o portfólio de clientes grandes empresas internacionais como a Microsoft e a Bungie. São "tech savvy", apostam em engenharia "hard core" e são, provavelmente, uma das melhores equipas a produzir mobile software em Portugal.

Niiiws e mobile b2c

Um acto de aguço da Muchbeta que traz ao mercado esta "mobile app" de conteúdos jornalísticos que está a crescer de forma notável estando já representada em diversos países (oito até ao momento). Vence na sedutora usabilidade e compete com algumas das melhores soluções no mercado o que, certamente, estará a contribuir para o posicionamento do software português no estrangeiro.

EEG (Disciplina de Competências Transversais na Escola de Economia de Gestão da Universidade do Minho)

Uma disciplina que no actual mercado da pedagogia portuguesa arrisca e está focada na transferência de competências (Academia/Mercado), em transformar "know how" técnico em "inputs" que o mercado reconhece e valoriza nos recursos humanos que recruta. É uma disciplina curricular, com ECTS, que iniciou este ano lectivo, penso que provavelmente a primeira em Portugal deste género e dará certamente origem a comportamentos de mimetização noutras Universidades.

Factory Business Center e Startup Lx

Traduzem uma nova geração de incubadoras de negócios, Aceleradores que reuném ideias, "startupers", investidores, anjos e outros agentes importantes na aceleração de negócios. Em Braga, o Factory centrou o seu posicionamento na criação de ecossistema e em 2012 realizou dezenas de eventos, enquanto que o Startup Lx viu crescer a quantidade de "startups" a que dá apoio.

Startup Pirates

Um jovem projecto do Porto que junta pessoas que querem criar ideias de negócio com mentores, CEOs, "speakers" e formadores. É um "bootcamp" de uma semana que pela persistência ganha tração no mercado e começou exportar conceito, nomeadamente, Barcelona e Bratislava. Em 2013, para além de Portugal, preparam edições em Kampala, Maastricht e Cidade do Cabo. "Why join the navy if you can be a pirate?"

PT Cloud

A PT continua nas nuvens com esta enorme aposta de cloud storage para b2c, ambicioso e aparentemente desenhado para competir com grandes "players" mundiais, é de forma destacada uma das mais excêntricas aventuras da e na tecnologia portuguesa em 2012. Vai entrar numa "super agressive and crowded arena" mas tira partido da melhor rede de fibra óptica da Europa, é uma batalha titânica a acompanhar em 2013.

Impulso Jovem, Programa da Secretaria de Estado da Inovação, Competitividade e Empreendedorismo

Um conjunto de medidas de incentivo à criação de emprego jovem que integra estágios profissionais, apoio à contratação e ao empreendedorismo e apoios ao investimento. Se a execução do programa acompanhar a flexibilidade das ideias e propostas, será uma aposta fundamental no crescimento de Portugal.