Jorge Jesus começa a defender o troféu da Taça da Liga com jogadores menos utilizados

O actual detentor do troféu estreia-se na quarta-feira na edição 2012-13 da prova, num jogo frente ao Olhanense, no Algarve. O treinador do Benfica promete respeito.

Jorge Jesus mantém a confiança na sua equipa
Foto
Jorge Jesus mantém a confiança na sua equipa Foto: Francisco Leong/AFP

Jorge Jesus admitiu esta terça-feira que vai colocar em campo, frente ao Olhanense, alguns jogadores menos utilizados, mas garante que a equipa quer defender o título na Taça da Liga.

“A Taça da Liga é uma competição com responsabilidade e vou pôr de início os jogadores que acho que estão em melhores condições e para que, no futuro, possam ser jogadores com ritmo competitivo tão grande como os outros”, afirmou, em conferência de imprensa.

O técnico referiu que a competição está bem organizada e que tem sido “um suporte financeiro para a maioria das equipas” de menor dimensão.

“Sabemos que essas equipas têm nesta Taça da Liga um objectivo grande a nível desportivo e financeiro e nós temos a responsabilidade de defender um título. Vamos enquadrar este jogo dentro dos nossos objectivos e respeitar a Taça da Liga”, salientou.

Jorge Jesus, que admitiu que André Almeida é a opção para o lugar de lateral direito nas ausências de Maxi Pereira, espera conseguir a sua primeira vitória como treinador do Benfica em Olhão, na quarta-feira, e referiu que a paragem de Natal não é benéfica para a equipa.

“A paragem não é boa para o Luisão e nem para o Benfica. Para mim era bom que não parasse, mas tem que parar pela quadra natalícia. Face à dinâmica da equipa neste momento e ao nível de jogo que temos apresentado era bom que fosse directo”, disse.

O técnico deixou também elogios ao médio Matic, que se afirmou depois da saída de Javi García, e deu o seu aval à renovação do contrato. “O Matic é um jogador que poucos conheciam, agora é fácil dizer que é um jogador de grande qualidade. Isso deve-se ao seu potencial e fico satisfeito se o Benfica renovar com ele”.