Torne-se perito

Um ferido e um indivíduo identificado antes do derby lisboeta

Adepto do Benfica foi transportado para um hospital.

Os adeptos do Benfica foram divididos em vários grupos
Foto
Os adeptos do Benfica foram divididos em vários grupos Luís Efigénio/nFactos

Um indivíduo sofreu ferimentos na sequência de um rebentamento de um engenho pirotécnico e outro foi identificado, antes do derby entre Sporting e Benfica, da 11.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, segundo fonte policial.

“Um indivíduo ficou ferido na sequência do rebentamento de um engenho pirotécnico que deflagrou na sua mão, na ‘caixa’ de segurança, durante o trajecto dos adeptos do Benfica até ao Estádio José Alvalade. Foi assistido no local pela Cruz Vermelha e transportado para um hospital pelo INEM”, explicou o subcomissário Jairo Campos, da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Lisboa.

Os cerca de 2.700 adeptos “encarnados” foram divididos em vários grupos para facilitar a revista de segurança à entrada do estádio, explicou o mesmo responsável, que, antes do início do derby, avaliou positivamente a operação de segurança preparada para o encontro.

“Tudo tem decorrido dentro da normalidade, não houve nenhuma detenção. Tivemos há momentos a primeira identificação, um indivíduo, que terá subtraído um bilhete a um adepto e foi interceptado em flagrante. Agora, vão realizar-se as diligências processuais para se proceder à detenção ou apenas à constituição de arguido”, referiu Jairo Campos.
 

Sugerir correcção