Relvas promete votar em Fernando Seara para a Câmara de Lisboa

O ministro dos Assuntos Parlamentares disse que está disponível para fazer campanha por Seara "de manhã à noite". António Costa "que se cuide", acrescentou.

Foto
António Costa "que se cuide", diz Miguel Relvas Miguel Manso/Arquivo

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, disse neste domingo que nas próximas eleições autárquicas vai votar em Fernando Seara para a Câmara de Lisboa, embora o actual presidente da Câmara de Sintra ainda não tenha anunciado oficialmente a sua candidatura. Para o socialista António Costa, deixou um aviso: as eleições não serão “favas contadas”.

“Eu habituei-me a votar ao longo da minha vida em Tomar, nas próximas eleições vou votar em Lisboa e vou votar no doutor Seara”, afirmou Relvas aos jornalistas, à margem da Universidade Política de Lisboa da JSD, que decorre este fim-de-semana na Beloura, Sintra, onde também esteve presente Fernando Seara.

O actual presidente da Câmara de Sintra, que tem sido apontado como candidato do PSD à autarquia da capital (mas ainda sem qualquer anúncio oficial), não quis prestar declarações aos jornalistas.

Na semana passada, questionado pelos jornalistas sobre o assunto, Seara remeteu explicações para depois de uma reunião com o presidente do partido, Pedro Passos Coelho, que deverá ter lugar na próxima semana.

Antes, na sessão da Universidade da JSD, Relvas tinha sido questionado por um “aluno” sobre como veria uma candidatura de Seara a Lisboa.

“A melhor maneira de responder a isso é que eu estou disponível para fazer campanha por ele de manhã à noite”, respondeu o ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares, recebendo aplausos da audiência.

Neste contexto, o social-democrata disse acreditar que “as centenas de milhares de pessoas de Sintra que trabalham e passam o seu dia em Lisboa” vão “sensibilizar os lisboetas para a realidade de terem uma gestão que não pensa em licenciamentos, nem na ideia da obra de fachada”, mas que teve “um modelo de desenvolvimento social, que se preocupou com a educação dos jovens mais carenciados e a integração de comunidades imigrantes em Portugal”.

“[Fernando Seara] foi um presidente moderno, eu vou estar sempre que possível a fazer campanha ao lado dele”, afirmou, deixando uma advertência ao actual líder da autarquia lisboeta.

“O doutor António Costa, se acha que são favas contadas, nas próximas eleições que se cuide”, disse.

No final, Relvas agradeceu aos organizadores da Universidade da JSD e a Fernando Seara, deixando uma mensagem de incentivo ao autarca de Sintra: “Vamos todos com ele para Lisboa.”

Já aos jornalistas, o antigo secretário-geral do PSD frisou que “sempre disse” que Fernando Seara “era o candidato natural” do partido a Lisboa.

“Os lisboetas gostam dele, tem uma obra notável, em sondagens recentes 76% dos habitantes de Sintra consideram muito positiva a gestão do concelho e eu penso que o presidente da Câmara de Lisboa está enganado ao pensar que são favas contadas”, concluiu.