Árbitro assistente agredido mortalmente por jogadores na Holanda

Richard Nieuwenhuizen desfaleceu em campo depois de ter sido esmurrado e pontapeado por jovens futebolistas do Nieuw Sloten. Já no hospital, não resistiu aos ferimentos.

Os dados pessoais dos árbitros das competições profissionais foram divulgados na Internet
Foto
Os dados pessoais dos árbitros das competições profissionais foram divulgados na Internet Foto: Fernando Veludo (Arquivo)

Um árbitro assistente de um jogo dos escalões jovens, disputado no domingo na Holanda, morreu esta segunda-feira, na sequência de ferimentos provocados pelas agressões de que foi alvo por parte dos jogadores.

"Está num estado de morte clínica", confirmou à agência AFP Bernhard Jens, porta-voz da polícia holandesa, sem avançar com mais informações.

Tudo aconteceu durante uma partida de futebol juvenil, entre o SC Buitenboys  e o Nieuw Sloten, equipa de Amesterdão. Logo após o apito final do encontro, Richard Nieuwenhuizen, ,,, árbitro de 41 anos, foi abordado e agredido por elementos da equipa visitante. 

De acordo com a descrição feita pela AFP, já no chão, o fiscal de linha terá sido esmurrado e pontapeado na cabeça, isto já depois de ter sido várias vezes insultado durante o encontro.

Três jogadores do Nieuw Sloten, com idades compreendidas entre os 15 e os 16 anos, foram identificados pela polícia já na noite de domingo e expulsos do clube, que, de acordo com a agência ANP, decidiu entretanto retirar-se das competições.

A ministra do Desporto da Holanda, Edith Schippers, mesmo antes de ser conhecida a morte de Nieuwenhuizen, revelou-se chocada com um acontecimento que considerou "absolutamente horrível".  

A governante prometeu, a propósito, que a "federação holandesa e a Justiça reagirão de maneira muito dura a este tipo de comportamento". A federação, de resto, já condenou a situação.