Zaha Hadid vai desenhar novo estádio nacional japonês

O novo estádio, que vai ser palco do Campeonato Mundial de Rugby em 2019, terá capacidade para 80 mil lugares. Zaha Hadid tem um orçamento de mais de 750 milhões de euros

Foto
O novo estádio deverá estar pronto em 2018 Japan Sport Council

A arquitecta Zaha Hadid, Prémio Pritzker em 2004, venceu o concurso para a criação do projecto do novo estádio nacional japonês, em Tóquio, que deverá estar pronto em 2018.

O júri presidido por Tadao Ando aposta na versatilidade do projecto de Hadid para um estádio apto para eventos desportivos ou culturais.

O novo estádio, com 80 mil lugares, vai ser palco do Campeonato Mundial de Rugby em 2019 e potencialmente dos Jogos Olímpicos de 2020, caso Tóquio seja escolhida como cidade anfitriã (que concorre com cidades como Madrid e Istambul, sendo a decisão do Comité Olímpico Internacional conhecida em Setembro de 2013).

Foto
80 mil lugares será a capacidade do equipamento Japan Sport Council

A arquitecta iraquiana tem um orçamento de mais de 750 milhões de euros para pôr em prática o seu projecto, cujos críticos comparam ao seu recente edifício desenvolvido no Reino Unido, o Aquatics Centre, usado nos Jogos Olímpicos deste ano.

O presidente do Comité Olímpico Japonês, Tsunekazu Takeda, qualificou o projecto de Hadid como “o melhor dos melhores”. A construção deverá começar no final de 2015, algum tempo após a demolição do actual estádio nacional. 

Entre onze equipas de arquitectos, o atelier de Zaha Hadid fez um projecto que "não só está previsto para organizar o tráfego circundante, gerir a circulação de grandes massas de pessoas e oferecer uma experiência emocionante para os espectadores", mas também usar tecnologia de ponta "para apoiar um telhado operável e assentos ajustáveis", ideais para todo o tipo de eventos no local, disse o arquitecto e presidente do júri do concurso, Tadao Ando, em comunicado.

O Japão recebeu os Jogos Olímpicos pela última vez em 1964, que se realizaram no actual estádio nacional, desenhado por Mitsuo Katayama e construído em 1958.