Futebol internacional

Arsenal ganhou um jogo louco que teve 12 golos

A festa dos jogadores do Arsenal
Foto
A festa dos jogadores do Arsenal Foto: Ben Stansall/AFP

O Madejski Stadium viveu nesta terça-feira uma noite incrível. Que começou por assumir contornos de pesadelo para os adeptos do Arsenal, que visitou o Reading na quarta ronda da Taça da Liga inglesa.

Os golos do Reading foram acontecendo com regularidade e o resultado foi-se avolumando: Jason Roberts fez o 1-0 aos 12’, Laurent Koscielny marcou na própria baliza e fez o 2-0 (18’), Mikele Leigertwood apontou o 3-0 (20’) e Noel Hunt ampliou para 4-0 aos 37’.

Por esta altura o resultado não era só surpreendente: era um escândalo (o Reading é 18.º classificado na Premier League, com quatro pontos em oito partidas), ao ponto de várias dezenas de adeptos do Arsenal abandonarem o recinto.

Mas o mais incrível estava para vir. Theo Walcott reduziu a desvantagem ainda antes do intervalo. E na segunda parte os golos não pararam. Olivier Giroud (4-2 aos 64’), Laurent Koscielny (4-3 aos 89’) e Theo Walcott (4-4 aos 90’) estabeleceram o empate e garantiram o prolongamento.

A equipa de Arsène Wenger chegou pela primeira vez à vantagem aos 103’, com um golo de Marouane Chamakh. Mas Pavel Pogrebnyak ainda faria o 5-5 aos 116’, dando esperança aos adeptos do Reading.

E quanto já toda a gente se preparava para o desempate por pontapés de grande penalidade, surgiu o golo salvador de Theo Walcott, que em cima da hora repôs a vantagem (6-5) do Arsenal. Marouane Chamakh faria o 7-5 final, garantindo a vitória do Arsenal depois de ter estado a perder por 0-4.

Nos outros jogos da noite, o Bradford eliminou o Wigan no desempate através de penáltis, após o 0-0 resistir no tempo regulamentar e no prolongamento. O Aston Villa bateu o Swindon por 3-2 e o Leeds ganhou 3-0 ao Southampton. Scott McDonald marcou o único golo da vitória do Middlesbrough sobre o Sunderland.

Veja os golos do Reading-Arsenal (vídeo: youtube.com)