Fundo Social Europeu

Relvas e Passos agiram juntos para angariar contratos: os documentos

Pelo menos, três documentos de arquivo contam as diligências em simultâneo de Miguel Relvas e de Passos Coelho junto da Ordem dos Arquitectos para conseguirem contratos para a Tecnoforma, no âmbito do programa Foral.

1. Acta da reunião do Conselho Directivo Nacional da Ordem dos Arquitectos, realizada a 16 de Dezembro de 2003, na qual Helena Roseta dá conta da criação, pela Secretaria de Estado da Administração Local, de um programa de formação para as autarquias (Foral), incluindo os arquitectos das autarquias e especialmente estagiários. É mencionada a possibilidade de a OA ser a entidade formadora. Clique na imagem para aumentar o documento


2. Na edição do PÚBLICO de 19 de Janeiro de 2004 e no âmbito das medidas de reforma da administração local, Miguel Relvas afirma que “está em estudo um acordo entre o Estado e a Ordem dos Arquitectos para aproveitamento de jovens estagiários e arquitectos no levantamento dos edifícios municipais”, na área da segurança. Clique na imagem para aumentar o documento


3. Informação anexa à acta da reunião de 13 de Maio de 2004 do Conselho Directivo Nacional da Ordem dos Arquitectos sobre uma proposta de protocolo entre a O.A. e a Tecnoforma, mencionando-se uma reunião decorrida em Janeiro entre uma dirigente da Ordem, com o director-geral da Tecnoforma Luís Brito e o então seu consultor Pedro Passos Coelho, “com o objectivo de lhe ser apresentada uma proposta de colaboração entre a O.A. e a Tecnoforma”. Nos pontos seguintes descrevem-se as diligências do CDN entre Janeiro e Maio e de informação a Passos Coelho. Clique na imagem para aumentar o documento