Heavy Rain/Facebook
Foto
Heavy Rain/Facebook

Megafone

A importância do enredo nos videojogos

Jogos como Heavy Rain, a saga Uncharted ou mesmo GTA IV conseguem motivar o jogador a continuar a jogar com grande interesse pelo enredo, surpresas e reviravoltas

Apesar de toda a euforia em redor de aspectos técnicos dos videojogos, o enredo tem um papel muito importante a desempenhar. A narrativa é fundamental para motivar os jogadores no decorrer da acção e ajuda-nos a compreender o motivo das nossas acções.

Um bom enredo desperta as emoções no jogador, envolve-nos na acção. Existem muitos jogos que colocam o enredo acima de todas as outras questões e conseguem ter grande sucesso. O enredo pode ser um catalisador para que o jogador continue concentrado naquilo que poderá acontecer a seguir no videojogo e motiva-o a prosseguir na aventura. Jogos como Heavy Rain, a saga Uncharted ou mesmo GTA IV conseguem motivar o jogador a continuar a jogar com grande interesse pelo enredo e pelas surpresas e reviravoltas que podem estar reservadas ao jogador mesmo ao virar da esquina. É certo que há videojogos que não necessitam de um enredo muito complexo, mas não será este a principal razão pela qual continuamos a jogar?

Por exemplo, Heavy Rain tem um desempenho técnico fabuloso, sobretudo nas animações das personagens e nas suas expressões faciais. Mas as histórias que envolvem os jogadores são a sua grande marca e que pode culminar num dos vinte finais possíveis do jogo. O processo de decisão das personagens é vincadamente marcado pela acção do jogador e pelas suas consequências. Este último parâmetro é transversal a GTA IV, em que a escolha de decisões da personagem tem directa influência no decorrer da aventura. O apelo do enredo nestes dois jogos é forte, faz com que os jogadores se coloquem na pele das personagens e que queiram jogá-los novamente, tomando decisões diferentes que tenham outras consequências.

PÚBLICO -
Foto
Uncharted

É o enredo que nos obriga a estar concentrados nas tomadas de decisão, apesar de todos os formalismos técnicos. Actualmente, é certo que os videojogos que apostam tudo na técnica conseguem ter sucesso, mas raramente são considerados clássicos do mundo virtual se não tiverem um enredo apelativo. O enredo pode tornar a atmosfera do jogo tão imersiva que os jogadores começam de novo a aventura. A opção de tornar os jogadores uma parte activa na história e na decisão do destino das personagens é um grande avanço na indústria e é uma forma de obrigar o jogador a pensar no significado das suas acções. Não é apenas pela jogabilidade que um videojogo pode marcar os jogadores; a história desempenha um papel fulcral na definição de uma grande experiência que prenda os jogadores ao ecrã.