Mulher compra um Renoir numa feira por menos de 39 euros

Quadro comprado por norte-americana pode ter um valor até 78 mil euros. No fim do mês há um leilão para encontrar novo dono

Foto
The Potomack Company Auctions and Appraisals

Um boneco de Paul Bunyan, uma vaca de plástico e um quadro. Uma mulher americana encontrou as três peças numa feira, em Shenandoah Valley, na Virginia, e decidiu avançar para a compra. Tudo junto, saiu-lhe por uns 50 dólares (cerca de 39 euros).

Horas mais tarde, já em casa, a mulher veio a perceber que havia feito a compra da sua vida: o quadro, do qual a senhora só prendia aproveitar a moldura, soou familiar à mãe da compradora, que insistiu para que se fizesse uma averiguação em relação à autoria.

De facto, na moldura vinha escrito que a autoria era do famoso pintor francês Pierre-August Renoir. Mas quem acreditaria que tal preciosidade pudesse ser encontrada num mercado? Os peritos avaliaram e dizem agora que parece mesmo tratar-se da obra “Paisagem, à beira do Sena”, pintada em 1879, cujo valor pode andar entre os 75 e os 100 mil dólares (entre 58 e 78 mil euros).

A obra, com uma paisagem fluvial em tons pastel e 14 centímetros de altura e quase 23 de largura, vai ser leiloada pela Potomack Company no próximo dia 29 de Setembro.

Surpreendida com a revelação, a mulher – que prefere manter o anonimato e se identifica apenas como a “rapariga do Renoir” – garante que não quer ficar com o quadro: “De certeza que quem o comprar o vai cuidar como merece”, disse ao The Huffington Post.

O especialista em artes plásticas Norton Craner garantiu, em declarações ao New York Times, que a obra aparece no catálogo das obras de Renoir, onde se pode ler que foi adquirida em 1925 pela galeria francesa Bernheim-Jeune. Posteriormente, terá sido vendida a Herbert May, marido da coleccionista Maryland Sadie A. May.