Espanha

Federação confirma perdão a Mourinho e Vilanova

Mourinho e Vilanova, depois da polémica, o perdão
Foto
Mourinho e Vilanova, depois da polémica, o perdão DR

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) confirmou nesta terça-feira o indulto aos treinadores José Mourinho e Tito Vilanova, que tinham sido castigados devido aos incidentes na primeira mão da Supertaça espanhola da época passada.

A decisão de retirar os castigos, que permite aos treinadores estarem presentes nos dois jogos da Supertaça agendados para o final de Agosto, foi justificada em assembleia-geral federativa pelo presidente da RFEF.

Segundo Angel Villar, a conquista do título europeu “é uma circunstância particularmente feliz, que coloca o futebol espanhol no topo e é um motivo para a retirada das sanções”.

José Mourinho tinha sido castigado com dois jogos por ter atingido com os dedos o olho de Tito Vilanova, à data adjunto de Pep Guardiola no FC Barcelona.

Vilanova, actual técnico dos catalães, também foi punido, com um jogo de suspensão, por se ter dirigido à claque no jogo da segunda mão.

O Barcelona conquistou a Supertaça da época passada, depois de ter vencido em casa o Real Madrid por 3-2 e ter empatado a duas bolas no Santiago Bernabeu.

As duas equipas voltam a discutir o troféu, a 23 e 30 de Agosto, desta vez com o Real Madrid na condição de campeão e o FC Barcelona como detentor da Taça do Rei.

Sugerir correcção