Apresentação de Ronaldinho deixou o jogador mais pobre

Foto
Ronaldinho ao serviço do Flamego, clube que abandonou há cerca de um mês Foto: Ricardo Moraes/Reuters

O jogador, que já passou pelo PSG, Barcelona e AC Milan, perdeu um contrato milionário com a Coca-Cola, porque na mesa na qual estava a ser apresentado existiam algumas latas de Pepsi, a grande concorrente. O contrato com a multinacional era válido até 2014, com uma remuneração que rondava os 600 mil euros por ano.

A Coca-Cola revelou em comunicado a decisão: “A Coca-Cola Brasil reconhece o valor do jogador Ronaldinho Gaúcho. No entanto, tendo em vista a significativa alteração das condições sob as quais foi selada a parceira, a continuidade da relação tornou-se inviável”

Ronaldinho rescindiu com o Flamengo há cerca de um mês, porque reclamava alegada uma dívida ao clube “mengão”.