Desacerto nas horas

Problema nos contadores lesa 480 mil clientes da EDP

Foto
Foto: Raquel Esperança

Cerca de 480 mil clientes da EDP com tarifas bi-horária e tri-horária estão a ser lesados pela empresa devido a problemas com os contadores, que não funcionam com a hora e/ou datas correctas. O problema é denunciado pela Deco, que estima em três milhões de euros os prejuízos para os consumidores.

A EDP reconhece falhas e garante que o problema está a ser resolvido, segundo o diário Correio da Manhã, que avançou com a notícia nesta terça-feira.

A empresa admite duas causas para estes erros que, pelas suas contas terão afectado 30 mil contadores – mas a estimativa da Deco (Associação de Defesa do Consumidor) aponta para 480 mil clientes prejudicados, que terão pago mais do que deviam porque a hora ou a data dos contadores estavam errados.

Aquele jornal conta que a Deco fez um estudo em Março e em Abril, depois de ter recebido dezenas de reclamações de clientes com tarifas bi e tri-horária. A análise aos contadores mostrou desfasamentos face à hora real. Em 12% dos casos excediam a meia hora e em dois casos chegaram mesmo a duas horas.

A Deco calcula que a EDP tenha cobrado indevidamente mais de três milhões de euros e exige agora que os clientes sejam indemnizados e os contadores corrigidos.

A EDP garante que isso já está a acontecer, mas a Deco suspeita que o problema possa afectar ainda mais clientes. Por isso, pede também uma auditoria independente aos contadores, a realizar pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.