Foto

São enviados dois milhões de mensagens "spam" por segundo

Um utilizador normal pode gastar até 21 horas por ano a receber, abrir, identificar e eliminar o correio "spam"

Cerca de dois milhões de mensagens que são lixo (“spam”) são enviados por segundo, através da Internet, revela um estudo que estima que este valor represente 90 por cento do tráfego de correio electrónico.

Um estudo realizado pela Bitdefender, uma empresa de linhas de “software” de segurança na Internet, recolheu, durante duas semanas, mais de dois milhões de amostras de "spam" de diferentes regiões do mundo.

De acordo com os responsáveis pelo estudo, dois milhões de mensagens de “spam” “é a quantidade que, a cada segundo, se move pela Internet”. Algumas dessas mensagens trazem anexos “perigosos” e, de acordo com o estudo, diariamente enviam-se “cerca de 300 milhões de e-mails de lixo, com arquivos anexos maliciosos”.

O estudo alerta para as consequências deste fenómeno para as empresas. Numa conta simples, e partindo do princípio que cada trabalhador gasta dois minutos por dia a gerir o “spam” (recebê-lo, abri-lo, identificá-lo e eliminá-lo), conclui que são 10 minutos por semana, o que representa 21 horas por ano.