Futebol

Presidente da U. Leiria dá como certa desistência da Liga

A U. Leiria só teve oito jogadores para defrontar o Feirense e agora tem 14 para defrontar o Benfica
Foto
A U. Leiria só teve oito jogadores para defrontar o Feirense e agora tem 14 para defrontar o Benfica Foto: Francisco Leong/AFP

O presidente da União Desportiva de Leiria, Mário Cruz, avançou nesta sexta-feira à agência Lusa que está confirmada a desistência da equipa profissional da Liga portuguesa de futebol.

Mário Cruz garantiu que "não há nada a fazer" e que "agora é mesmo o fim", depois de ter acertado o futuro da equipa com o presidente da SAD, João Bartolomeu.

"Não há qualquer hipótese de volte face. O jogo é amanhã (sábado), os jogadores tiveram conhecimento do apelo (de João Bartolomeu), ponderaram e não voltaram. Com os juniores, não vamos à Luz, não há condições para isso", garantiu à Lusa Mário Cruz.

Para o presidente do clube, "esta situação só se resolveria com bom senso de todas as partes. Infelizmente não existiu. Temos de dar a imagem que temos de dar. Não é boa para ninguém".

Quarta-feira, o presidente João Bartolomeu lançou um ultimato aos 13 jogadores que apresentaram a rescisão colectiva de contrato, alegando a existência de três e quatro meses de ordenados em atraso.

Contudo, nenhum deles recuou na intenção de rescindir, pelo que o técnico José Domingues tem apenas 14 atletas disponíveis para a partida da próxima jornada, com o Benfica.

Mário Cruz, que cedeu atletas da equipa júnior para suprir a falta dos seniores, considera que jogar na Luz "não ia resolver nada".

"Conseguimos inscrever apenas quatro atletas, mas é um número insuficiente. Além disso, não ia resolver nada", disse à Lusa.

O fim da equipa sénior é encarado, pelo presidente do clube, com "profundo lamento".

"Para a SAD, é o fim dela própria e do futebol profissional. Espero que possamos ter apoios suficientes para minorar, no clube, os efeitos desta desistência. Vivemos das receitas vindas da SAD, que vão deixar de aparecer, mas temos 300 miúdos à nossa responsabilidade e um trabalho em mãos que gostaríamos de continuar", explicou.

Contudo, Mário Cruz admite que esta nova página na União de Leiria, "apesar de trazer alguns transtornos", pode significar "uma vida nova".

"Pode trazer mais gente para o clube e outros apoios, quem sabe", finalizou.

A confirmar-se a desistência da União de Leiria, que tem jogo agendado para sábado, com o Benfica, no Estádio da Luz, às 20h30, para a 29.ª jornada da Liga, entre outras consequências a equipa será automaticamente despromovida dos campeonatos profissionais.

O PÚBLICO tentou saber se a Liga já foi informada da intenção leiriense de desistir, mas a entidade que organiza os campeonatos profissionais recusou, para já, fazer qualquer comentário.

Sugerir correcção