Sporting

Sá Pinto: "O Benfica não tem pontos débeis"

"O Sporting está confiante e motivado"
Foto
"O Sporting está confiante e motivado" Foto: Paul Ellis/AFP

Ricardo Sá Pinto diz que o Sporting está “confiante e motivado” para o jogo frente a um Benfica “sem pontos débeis”, garantido que o objectivo é conquistar os três pontos.

“A equipa está preparada, sabe a importância do jogo e vamos encarar este jogo como todos os outros. Estão em jogo três pontos, frente a uma equipa com qualidade, bons jogadores, boa dinâmica e um adversário difícil. Queremos estar à altura, fazer um bom jogo e conquistar os três pontos”, disse o técnico, em conferência de imprensa.

Na véspera de defrontar os “encarnados” no “derby” lisboeta que encerra a 26.ª jornada da Liga de futebol, o treinador disse não encontrar fragilidades no seu adversário feira, afirmando que o Benfica tem um plantel de qualidade.

“O Benfica não tem pontos débeis, não há qualquer jogador que eu reconheça que não tem qualidade para estar naquele plantel. Tem várias soluções para cada posição e isso para o técnico do Benfica é motivo de satisfação”, referiu.

Sá Pinto explicou que a sua equipa tem tido uma grande exigência “física e emocional” com vários jogos nas últimas semanas, mas defendeu que os resultados positivos ajudam a ultrapassar alguma fadiga que possa existir.

“Temos tido uma exigência física e emocional, com uma sucessão de jogos que não é normal e ainda nesta altura da época, mas os resultados têm sido positivos e a equipa está confiante e motivada. Estes factores ajudam a ultrapassar a fadiga”, salientou o treinador dos “leões”.

Sobre a importância do jogo, Sá Pinto recusou a ideia de que a responsabilidade seja apenas do Benfica, garantindo que no Sporting a pressão é diária.

“Estar no Sporting não é para todos. A pressão neste clube é diária, a ambição de ganhar o próximo jogo está sempre presente e não muda nada a nossa forma de estar, apesar do que outros possam dizer. Não abdicamos de nenhum resultado, de nenhum ponto e de nenhuma vitória, lutamos sempre pelos três pontos e é isso que vamos fazer”, explicou.

O treinador disse ainda que as estatísticas nada querem dizer e que não dá importância aos dados ou curiosidades relacionadas com os diferentes jogos.

“Nestes grandes jogos, entre duas grandes equipas, não me parece que haja coincidências sobre a forma como as equipas chegam ao jogo. Estão as duas num bom momento e espero um grande jogo de futebol”, referiu.

Sá Pinto admitiu que um jogo entre Sporting e Benfica tem sempre “pressão e expectativa” entre todos os intervenientes, afirmando que o objectivo é vencer o primeiro “derby” da sua carreira como técnico.

“São clubes com uma história enorme do futebol português e estes jogos têm alguma pressão e expectativa, mas espero um dia de festa. Vai ser o meu primeiro ‘derby’ como treinador e como qualquer um quero ganhar este jogo”, frisou.

Sobre a mensagem a passar aos jogadores, o técnico assumiu que é algo que faz diariamente, não sendo necessárias palavras motivadoras extra para o próximo jogo.

“Há valores que passo diariamente e regras que estão estipuladas. A este nível quase não é preciso estipular regras, os jogadores sabem o que podem e não podem fazer, não sou do tipo de impor ou de ser ditador. Defendo máxima liberdade, máxima responsabilidade”, concluiu.