Benfica

Aimar: “Não posso dizer o que penso, senão falho mais do que um jogo”

Aimar em conferência de imprensa
Foto
Aimar em conferência de imprensa Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters

Pablo Aimar voltou a mostrar-se nesta segunda-feira revoltado com a expulsão no jogo de sexta-feira em Olhão.

“A minha reacção depois do aconteceu na sexta-feira foi por causa da injustiça. Foi o primeiro vermelho directo que tive. Não posso dizer o que penso, porque senão falho mais do que um jogo”, disse o argentino, na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Chelsea.

Também Jorge Jesus voltou a sair em defesa do argentino, que viu o cartão vermelho após uma entrada sobre Rui Duarte.

“Aimar tem uma paixão muito grande pelo jogo e pelo treino. Depois do jogo de Olhão sentiu-se revoltado com aquela expulsão. Ele não é um jogador agressivo e sentiu que não merecia ter aquela penalização”, disse Jesus, que desmentiu também que Filipe Vieira tenha falado aos jogadores após o empate frente ao Olhanense.

“O presidente do Benfica esteve no balneário no final do jogo, mas não esteve em comunicação com a equipa. Foi uma presença normal. Não houve palestra.”