Infografias do PÚBLICO ganham prata nos prémios Malofiej

No portefólio premiado está uma infografia sobre a indústria do bacalhau
Foto
No portefólio premiado está uma infografia sobre a indústria do bacalhau PÚBLICO

Um conjunto de infografias do PÚBLICO foi distinguido com uma medalha de prata na categoria de Portefólios de Reportagens nos prémios Malofiej.

O portefólio premiado é um conjunto de dez infografias, de duas páginas cada uma, publicadas entre Junho e Dezembro do ano passado, nas edições de domingo do PÚBLICO. Entre os trabalhos estão infografias sobre os grupos do PSI 20 e as actividades em países com benefícios fiscais, a crise humanitária na Somália e o processo de produção da cerveja.

“É magnífico ver o resultado da nossa aposta em grandes trabalhos de infografia reconhecida internacionalmente”, observou a directora do PÚBLICO, Bárbara Reis. “No jornalismo, a profundidade e a qualidade não estão apenas no texto, mas também na capacidade de dar notícias e informação de uma forma visual”.

Na categoria em que o PÚBLICO recebeu a medalha de prata – Portefólios de Reportagens para diários com circulação inferior a 50 mil exemplares – não foi atribuído o ouro.

Na mesma categoria de Portefólios de Reportagens, mas para tipos diferentes de publicação, o júri atribuiu duas medalhas de ouro: ao New York Times (no escalão de diários com mais de 175 mil exemplares de circulação) e à National Geographic (revistas).

Na lista de prémios dos Malofiej estão ainda três outras publicações portuguesas: o jornal i (uma medalha de prata e uma de bronze, na categoria Reportagens), o Diário Económico (bronze, Reportagens) e o semanário Expresso (que surge listado nos diários com 50 mil a 175 mil exemplares, na categoria Portefólios de Reportagens, com uma medalha de bronze).

O New York Times foi o grande vencedor desta edição, ao ser distinguido com o prémio de Melhor do Evento, tanto para infografias online (com um trabalho sobre a população de detidos em Guantánamo), como para infografias impressas (também com uma infografia sobre Guantánamo).

O galardão, o mais prestigiado no sector, é organizado anualmente pela Society for News Design na Universidade de Navarra, em Pamplona. O júri inclui académicos e profissionais da área e avalia trabalhos enviados por publicações de todo o mundo.

Esta 20ª edição bateu o recorde de participantes, com 1356 trabalhos enviados a concurso. Foram atribuídas oito medalhas de ouro, 31 de prata e 73 de bronze.

Os prémios são um tributo ao cartógrafo argentino Alejandro Malofiej (1938-1987), que trabalhava como desenhador de mapas para várias publicações naquele país e que é considerado um dos precursores da infografia.