Futebol internacional

Clubes vão receber mais dinheiro por terem jogadores nos Europeus

Um momento do congresso da UEFA
Foto
Um momento do congresso da UEFA Foto: Bulent Kilic

Os clubes europeus vão receber uma verba de 100 milhões de euros provenientes das receitas do Euro 2012, aumentando essa quantia para 150 milhões no Euro 2016, anunciou nesta quinta-feira a UEFA.

Este anúncio faz parte do Memorando de Entendimento assinado pelos presidentes da UEFA, Michel Platini, e da Associação Europeia de Clubes (ECA), Karl-Heinz Rummenigge e foi revelado após a realização do XXXVI Congresso Ordinário da UEFA, em Istambul.

O acordo, válido de 2012 a 2018, demonstra “a excelente relação laboral com os clubes e representa um verdadeiro sucesso na tentativa de fortalecer ainda mais a união da família do futebol”, disse Michel Platini.

Para Rummenigge, com a assinatura do memorando, a “UEFA reconhece claramente a importância dos clubes e a contribuição significativa que eles têm para o consequente sucesso do futebol de selecções”.

Mais três pontos importantes reclamados anteriormente pelos clubes passam também a ser salvaguardados por este documento: a participação dos clubes nos processos de decisão das competições da UEFA, o estabelecimento de um seguro que cubra as lesões dos jogadores das equipas europeias ao serviço das respectivas selecções e a existência de um calendário internacional com nove jornadas duplas durante dois anos, sem jogos particulares isolados e com remoção da data de Agosto para amigáveis.