Selecção

"Todos queremos ser campeões"

Os jogadores portugueses experimentaram ontem o palco do jogo
Foto
Os jogadores portugueses experimentaram ontem o palco do jogo Foto: Peter Andrews/Reuters

É o último jogo particular antes de Paulo Bento decidir os eleitos para o Euro 2012. O duelo pode repetir-se nos quartos-de-final da competição, que arranca justamente em Varsóvia.

Portugal tem hoje (19h45, RTP1) o último jogo antes de Paulo Bento anunciar o grupo final de convocados para o Campeonato da Europa de 2012, mas o seleccionador deve apostar de início num "onze" aproximado ao que foi usando mais regularmente na campanha de apuramento. A maioria das experiências com jogadores menos utilizados deve ficar para a segunda parte, até porque o jogo com a Polónia terá algumas semelhanças com o que se passará em Junho: é num palco do Euro (o Estádio Nacional, em Varsóvia), contra um adversário que também estará no torneio e que poderá voltar a encontrar Portugal nos quartos-de-final da prova.

Essa é a fase a que Paulo Bento repetiu querer chegar, mas o treinador explicou que isso não quer dizer que não pense em conquistar o título continental. "Todos queremos ser campeões. Nenhum dos dez milhões de portugueses dirá o contrário. Mas para chegar à final é preciso chegar primeiro aos quartos-de-final. Temos de disputar um mínimo de 270 minutos, depois se verá se temos mais para jogar", declarou. "O primeiro objectivo é chegar aos "quartos". Depois de lá chegarmos, se me perguntarem qual é o objectivo, direi que é chegar às meias-finais. Se chegarmos à final, então direi que o objectivo é ser campeão", acrescentou.

A selecção nacional vai tentar vencer pela quinta vez a sua congénere polaca, naquele que será o 10.º jogo entre as duas nações, e Paulo Bento acredita que um triunfo permitirá "chegar ainda com mais confiança" ao Europeu. "Queremos jogar com qualidade e conquistar um bom resultado. Mais do que desfazer dúvidas ou ter algumas experiências, desejo um Portugal forte, com a ideia de ganhar claramente o jogo, sem distinguir um jogo particular de um oficial", disse o seleccionador, que afirmou que a sua situação contratual será "certamente" resolvida antes da fase final do Euro.

Os mais recentes treinos e o jogo são uma oportunidade para alguns atletas que não têm presença assegurada nos 23 que estarão na lista final impressionarem o seleccionador. Neste lote estão elementos como o lateral-direito Nélson, o central Ricardo Costa, o médio Manuel Fernandes ou o extremo Quaresma, para além de Nélson Oliveira, jovem avançado do Benfica que poderá estrear-se esta noite na selecção principal. Destes, é o médio-centro do Besiktas quem tem mais possibilidade de ser titular na capital polaca, ao lado de dois pilares de Paulo Bento, Raul Meireles e João Moutinho.

Paulo Bento não trocaria nenhum jogador da Polónia por um português, mas elogiou o adversário. "Esperamos um jogo com um grau de dificuldade elevado, dada a qualidade da equipa da Polónia, mas também pelo facto de jogar em casa. Obraniak e Lewandowski são jogadores de qualidade que actuam em grandes equipas, mas nós estamos satisfeitos com os nossos jogadores", sublinhou. Lewandowski, em grande forma no Borussia Dortmund, é, de facto, uma das estrelas do anfitrião do Euro, mas o avançado está em dúvida e não deverá actuar.

O seleccionador polaco, Franciszek Smuda, mostrou-se satisfeito por poder defrontar "uma equipa tão forte".