Sá Pinto: "Encarámos o lema do clube: esforço e dedicação para atingirmos a glória"

Sá Pinto gostou da vitória e da atitude dos seus jogadores
Foto
Sá Pinto gostou da vitória e da atitude dos seus jogadores Nuno Ferreira Santos/Público (arquivo)

Sá Pinto admitiu que a sua equipa não fez uma grande exibição devido ao valor do adversário, mas salientou a atitude compatitiva dos seus jogadores que souberam honrar a camisola

“Não fizemos uma grande exibição porque o adversário teve valor. Está em segundo lugar na liga polaca, tem jogadores internacionais, com grande experiência e não nos podemos esquecer que foram eliminar o Spartak de Moscovo à Rússia. Mas acho que é de salientar a atitude competitiva, o espírito de equipa e de união dos jogadores do Sporting que encararam e estão a encarar o seu lema: esforço, dedicação para atingirmos a glória,” salientou o treinador dos "leões", no "flash interview", no final do encontro.

Sobre a onda de lesões que está a afectar a equipa e que ontem vitimou mais três jogadores, Sá Pinto não quis comentar: "Essa questão não é para mim. Estou a chegar e terá de ser falado numa outra altura e com o nosso departamento médico, que é fantástico e com pessoas muito competentes."

Sobre o próximo adversário na Liga Europa, o Manchester City, nos oitavos-de-final, o técnico admitiu tratar-se de um forte oponente. "É uma equipa com um enorme valor colectivo e individual, mas vamos ter tempo para analisarmos o adversário e prepararmo-nos para essa eliminatória. Mas não tememos nenhum adversário", referiu.

O "capitão" João Pereira salientou também o valor do City, mas está optimista num desfecho positivo para o Sporting: "Nós queremos é jogos grandes e estádios cheios, que é como nos sentimos melhor para jogar e temos mais confiança, mas para já temos de pensar no jogo com o Rio Ave para o campeonato.”

Sobre a partida desta quinta-feira, o defesa direito admitiu ter sido um jogo "difícil", mas destacou a "união" da sua equipa.