Plataforma surgiu no início deste ano design to forget/Flickr
Foto
Plataforma surgiu no início deste ano design to forget/Flickr

Rede Freelancer: uma “ponte online” de oportunidades para “freelancers”

É uma plataforma online de interacção entre empresas que precisam de trabalhadores apenas durante algum tempo e “freelancers” em busca de trabalhos temporários

Com o objectivo de ser um "ponto de encontro entre organizações e profissionais dos mais variados sectores de actividade", como divulgado em comunicado, a Rede Freelancer é uma plataforma online recheada de oportunidades temporárias.

Por um lado, em algumas situações, as organizações precisam de um maior número de funcionários ou de pessoas qualificadas em determinadas áreas. No entanto, essa necessidade é pontual, não exigindo um contrato permanente. Por outro, são cada vez mais as pessoas que decidem tornar-se profissionais autónomos.

As duas partes interessadas podem ficar ligadas através da Rede Freelancer, que permite às organizações encontrarem e chegarem mais facilmente a esses trabalhadores que possuem as qualidades necessárias para o projecto a realizar.

PÚBLICO -
Foto
Objectivo é ser um ponto de encontro entre organizações e profissionais dos mais variados sectores de actividade DR

Como funciona?

O funcionamento do portal é simples: o primeiro passo consiste na publicação do projecto da organização na Rede Freelancer. A partir daqui, basta esperar pelas respostas dos "freelancers" com as suas propostas de licitação. A organização terá, depois, a possibilidade de escolher a oferta que mais se adequa aos objectivos pretendidos para o projecto, recrutando o ou os profissionais pelo período de tempo necessário.

Desta forma, a Rede Freelancer procura ser uma solução para as exigências e dificuldades do mercado de trabalho, simplificando a relação entre empresa e trabalhador. Os "freelancers" têm uma maior facilidade no acesso a oportunidades de trabalho e, simultaneamente, as organizações que procuram profissionais preparados para um projecto específico têm uma maior garantia de confiança das habilitações desse mesmo profissional.

Desde o início de 2012 que as empresas e os "freelancers" podem utilizar esta "ponte online" e o registo na Rede Freelancer é gratuito.