Ciclismo

Robert Marchand estabeleceu recorde mundial aos 100 anos

Marchand parte para o recorde
Foto
Marchand parte para o recorde Foto: Denis Balibouse/Reuters

O francês Robert Marchand estabeleceu um recorde mundial de ciclismo na categoria “mais de 100 anos”, ao percorrer 24,2 quilómetros numa hora.

O velódromo da União Ciclista Internacional (UCI) em Aigle, na Suíça, foi o palco para o recorde. Robert Marchand, nascido a 26 de Novembro de 1911 em Amiens, no norte de França, estabeleceu o primeiro recorde mundial na categoria “mais de 100 anos” ao percorrer 24 quilómetros e 250 metros em 60 minutos.

“Teria conseguido andar mais depressa, mas não quis”, declarou o centenário ciclista no final da prova. O recorde de Marchand deverá ser homologado pela UCI. Ele que só se dedicou seriamente à bicicleta aos 78 anos.

O presidente da Ardéchoise Cyclo-Promotion (evento anual ao qual Robert nunca falta), Gérard Misler, foi apoiar o campeão e garantiu que o recorde será homologado. “A UCI teve de criar esta categoria ‘mais de 100 anos’. O recorde será oficial, houve um cronómetro e um comissário da UCI”, sublinhou, em declarações à agência AFP.

“[Marchand] é um exemplo para a humanidade, alguém que sempre gostou de trabalhar, sempre esteve de bom humor e sempre fez desporto”, acrescentou Misler, revelando que o centenário ciclista “treina todos os dias, nunca fumou, e bebeu álcool, mas sempre com moderação”.

Este não é o primeiro feito desportivo de Robert Marchand, que em 1998, aos 87, disputou a clássica Paris-Roubaix em bicicleta. No dia em que completou 100 anos, fez 23,2 quilómetros numa hora, em bicicleta fixa.

Notícia actualizada às 17h22