Fotogaleria
Mikeedesign/Flickr
Fotogaleria
Tooby Doo/Flickr

Wikipedia fecha 24 horas em protesto contra lei anti-pirataria

Versão inglesa da famosa enciclopédia online vai fechar por 24 horas, na próxima quarta-feira, em protesto contra uma proposta de lei anti-pirataria nos EUA

A Wikipedia anunciou que vai encerrar a versão inglesa na próxima quarta-feira, dia 17 de Janeiro, juntando-se a outros sites numa acção de protesto contra uma proposta de lei nos EUA que visa limitar o acesso a sites que disponibilizem conteúdo sem autorização dos autores.

Em vez da página habitual, a enciclopédia vai apelar a que os visitantes façam pressão sobre o congressista que os representa, para que este vote contra a proposta, conhecida pela sigla SOPA, de "Stop Online Piracy Act".

O diploma quer ser uma ferramenta contra sites fora dos EUA que disponibilizem conteúdos sem autorização dos detentores dos direitos. De acordo com a proposta, um tribunal poderia impedir motores de busca de listarem um site alegadamente infractor, determinar o bloqueio dessas páginas por parte dos fornecedores de acesso à Internet e ainda proibir serviços de pagamento (como o PayPal) de prestarem serviços ao site. Estas medidas permitem actuar contra sites fora da jurisdição americana.

A proposta tem tido a condenação veemente de vários grupos defensores da liberdade na Internet, bem como de muitas empresas, entre as quais o Google, cujo co-fundador Sergey Brin considerou a proposta “uma ameaça à liberdade de expressão” (mas que não vai ficar offline no dia do protesto).

A Wikipedia junta-se no “apagão” a outros sites de menor dimensão, entre os quais o Reeddit (um site de agregação de conteúdos indicados por utilizadores) e o blogue Boing Boing.