Liga dos Campeões

Ajax formaliza pedido de investigação à goleada do Lyon

O Ajax perdeu em dois tabuleiros
Foto
O Ajax perdeu em dois tabuleiros Foto: Robin van Lonkhuijsen/Reuters

Os responsáveis do Ajax formalizaram um pedido de investigação junto da UEFA relativo a possíveis apostas ilegais no desafio Dínamo Zagreb-Olympique Lyon.

Quarta-feira, os franceses do Lyon golearam na visita aos croatas do Dínamo (7-1), após expulsão de um dos jogadores anfitriões, e ultrapassaram o Ajax na classificação do Grupo D, derrotado em casa pelo Real Madrid (3-0), depois de ver dois golos mal anulados por pretensos foras de jogo, numa sexta e última ronda para a qual partiu com uma vantagem de sete golos no confronto directo com os “lyonnais”.

O director técnico do Ajax, Martin Sturkenboom, declarou que o clube de Amesterdão solicitou uma “reacção” à UEFA porque “não fazer nada não era uma opção”.

Sturkenboom sublinhou respeitar os princípios pela qual a UEFA se rege, nomeadamente o “respeito e o jogo limpo”, adiantando que o Ajax “tem de fazer todos os possíveis para estar seguro de que não ocorreu nada de anormal”.

As primeiras providências levadas a cabo pela Autoridade Francesa de Apostas e pela UEFA concluíram que não existiram movimentações irregulares nas apostas relativas ao encontro em questão.

O organismo abriu uma investigação ao encontro, num procedimento habitual sempre que se registam resultados pouco habituais, mas concluiu que não existiu qualquer actividade atípica no montante acumulado de apostas. O número das apostas registadas no encontro foi “ligeiramente inferior aos números médios constatados para os jogos da Liga dos campeões, bem como para os jogos do campeonato francês”. Os números médios de apostas são de 10.000, num montante médio de 100.000 euros.

“A UEFA tem que olhar também para os outros jogos. Se há um rumor de qualquer jogo falsificada, é preciso matá-lo imediatamente”, afirmou o presidente da autoridade francesa para a regulação dos jogos online, Jean-François Vilotte.