Fotogaleria
Com esta nova tecnologia, o refrigerador só consome a energia necessária para o arrefecimento StefanSoder/Flickr
Fotogaleria
Com esta nova tecnologia, o refrigerador só consome a energia necessária para o arrefecimento StefanSoder/Flickr

Nova tecnologia promete arrefecer alimentos e bebidas dez vezes mais depressa

Chama-se "SuperCooling" a nova tecnologia que recorre à técnica de refrigeração por vácuo e foi desenvolvida na Universidade de Coimbra

Uma tecnologia desenvolvida por investigadores da Universidade de Coimbra consegue arrefecer alimentos e bebidas a uma velocidade dez vezes superior aos equipamentos tradicionais, como frigoríficos. A tecnologia dá pelo nome de SuperCooling e não interfere com a qualidade do produto.

A investigação - levada a cabo na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) - começou há dois anos e baseia-se na técnica da refrigeração por vácuo.

A título de exemplo das capacidades desta tecnologia - refere a FCTUC em comunicado - “uma garrafa de água de 33cl é arrefecida em três minutos”.

É expectável pensar-se que esta tecnologia terá um forte impacto no futuro, não só no sector doméstico mas também nos sectores da restauração e hotelaria, por exemplo, porque se trata de uma tecnologia muito rápida e economicamente vantajosa.

“Nos hotéis, para que as bebidas se mantenham frescas é necessário que o 'minibar' esteja continuamente em funcionamento, representando elevados consumos energéticos. Com esta nova tecnologia, o refrigerador só consome a energia necessária para o arrefecimento dos produtos, o que é um processo muito rápido, ou seja, significa uma poupança muito significativa de energia”, explica a investigadora Cátia Augusto no mesmo comunicado.