Automobilismo

Crise leva Peugeot Portugal a deixar ralis

Bruno Magalhães em acção no Rali da Madeira
Foto
Bruno Magalhães em acção no Rali da Madeira Foto: DR

A Peugeot Portugal anunciou nesta segunda-feira que vai abandonar a participação em provas de ralis, por causa da “crise que o sector automóvel atravessa”.

“A Peugeot Portugal decidiu abandonar a competição automóvel a partir desta época. A situação de crise que o sector automóvel atravessa, num mercado que se estima ser o pior dos últimos 25 anos, e com perspectivas ainda mais negativas para 2012, não permitirá à Peugeot Portugal dispor dos meios necessários para manter a presença no desporto automóvel, como fez nos últimos 16 anos”, anunciou a empresa, em comunicado.

A Peugeot participou, de forma ininterrupta, no campeonato nacional de ralis desde 1996, período em que conquistou sete títulos nacionais de pilotos e seis de marcas.

Bruno Magalhães, campeão nacional entre 2007 e 2009, fica assim sem equipa.

A Peugeot era a única marca envolvidas nos ralis em Portugal, tendo participado nesta temporada no IRC (Intercontinental Rally Challenge).

Notícia actualizada às 15h22