Futebol internacional

Irão de Carlos Queiroz cilindrou a Palestina num encontro particular

Queiroz orienta a República Islâmica do Irão
Foto
Queiroz orienta a República Islâmica do Irão Foto: Reuters

O Irão recebeu e goleou a selecção da Palestina por 7-0 numa partida de carácter particular. A equipa de Carlos Queiroz vencia 1-0 ao intervalo.

As selecções do Irão (50.º no ranking da FIFA) e da Palestina (162.ª classificada a nível mundial) disputaram em Teerão um encontro particular. O resultado ao intervalo – vantagem de 1-0 para a equipa da casa – não reflectia a diferença entre os dois conjuntos, mas uma segunda parte demolidora resultou numa goleada para a formação orientada pelo ex-seleccionador nacional Carlos Queiroz.

O Irão chegou à vantagem mesmo antes do intervalo, com um golo de Mohammed Ghazi, que se estreou a marcar pela selecção iraniana. Até aí, tinha sido o guarda-redes palestiniano Mohammed Shbair a brilhar na partida, fazendo de tudo para adiar o golo dos anfitriões.

No segundo tempo a eficácia do Irão melhorou e os golos sucederam-se. Após uma jogada rápida pela direita, Ansarifard surgiu no centro da área a concluir para o 2-0. E Nekounam ampliou a vantagem iraniana na conversão de uma grande penalidade.

Pouco depois, foi Kazmeian a fazer o 4-0 (58’). A selecção do Irão chegou ainda ao 5-0, após o que a Palestina teve a melhor ocasião de perigo: Obaid desmarcou-se bem, fez o “chapéu” ao guarda-redes iraniano mas a bola embateu na trave.

Aos 71’, num remate de muito longe, Pejman Nouri fez o 6-0. E a poucos minutos do apito final, a Palestina ficou reduzida a dez jogadores quando o guarda-redes Shbair viu o cartão vermelho directo por derrubar um adversário dentro da área.

Obaid saiu para entrar o guarda-redes suplente Sidawi, mas este nada pôde fazer para evitar o sétimo golo do Irão, apontado por Kazmiean, de grande penalidade.