Lançamento de novo aparelho da Apple está envolto em secretismo - como é habitual Reuters
Foto
Lançamento de novo aparelho da Apple está envolto em secretismo - como é habitual Reuters

Novo CEO da Apple prepara-se para apresentar iPhone 5

Novo produto deverá contar com ecrã maior, câmara de oito "megapixel" e uma melhor recepção de chamadas

Como se de uma missa anual se tratasse, os olhos de todos os membros da congregação da maçã estarão amanhã fixados no Campus da Apple, em Cupertino (Califórnia), para ouvirem do novo reverendo da empresa, Tim Cook, quais as novidades reservadas para o iPhone.

Apesar da má economia e do desemprego, o homem que substituiu Steve Jobs como CEO (director-executivo) da Apple vai fazer dia 04 de Outubro sua primeira grande apresentação, mostrando as alterações ao popular "smartphone" da empresa californiana, que deverá chamar-se iPhone 5 (embora alguns rumores dêem conta da possibilidade de vir aí um iPhone 4S).

Apesar de o lançamento estar envolto em secretismo - como já vem sendo hábito com a Apple -, eis o que se sabe: o aparelho deverá vir equipado com um ecrã maior e um processador mais rápido que o actual iPhone 4, que ajudou a empresa californiana a manter-se na linha da frente no competitivo mercado mundial dos "smartphones". Foram vendidas 20 milhões de unidades do iPhone 4 no terceiro trimestre desde ano.

O aparelho deverá contar com uma câmara de oito "megapixels" e uma melhor recepção de chamadas. Recorde-se que o anterior modelo registava problemas quando os utilizadores manuseavam o aparelho numa determinada posição, bloqueando a antena.

Lê o artigo completo no PÚBLICO

Sugerir correcção