Futebol

Ricardo Carvalho abandonou estágio da selecção porque percebeu que não iria ser titular

Ricardo Carvalho
Foto
Ricardo Carvalho Reuters

O central Ricardo Carvalho não viajou com a selecção portuguesa para Chipre, por se ter ausentado do estágio da equipa sem autorização do seleccionador e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Ao que o PÚBLICO apurou, o jogador ficou desagradado por ter percebido que não iria ser titular frente a Chipre.

“O jogador internacional português, Ricardo Carvalho, ausentou-se, nesta quarta-feira, do estágio da Selecção Nacional - Clube Portugal, por iniciativa própria e sem comunicar essa ausência à direcção da Federação Portuguesa de Futebol ou ao seleccionador nacional”, diz uma nota publicada no site da FPF.

“Como tal, não viajará com a restante comitiva para Nicósia, onde a equipa das quinas realiza, nesta sexta-feira, o seu sexto jogo na fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 2012”, acrescenta a mesma nota.

O jogador treinou-se normalmente de manhã em Óbidos e regressou ao hotel com os restantes companheiros no autocarro.

Ao que o PÚBLICO apurou, Ricardo Carvalho não compareceu ao almoço e os responsáveis da federação foram chamá-lo ao quarto, tendo então notado a ausência do central do Real Madrid.

Segundo a Lusa, cerca de 12h15, o jogador deixou o hotel, por uma porta lateral, e dirigiu-se para uma viatura particular na qual abandonou as instalações.

O jogador não deu qualquer explicação aos responsáveis da FPF, que também não detectaram (ou foram informados) da existência de qualquer problema pessoal ou profissional do futebolista.

Ricardo Carvalho foi parco nas explicações às pessoas que lhe são mais próximas, mas, ao que o PÚBLICO apurou, o que terá provocado a saída abrupta do estágio foi ter percebido que iria ser suplente na partida de sexta-feira (19h45), frente a Chipre.

A comitiva portuguesa já viajou para Chipre e o seleccionador Paulo Bento não quis fazer comentários sobre este assunto.

Notícia actualizada às 16h39