Futebol internacional

Arsenal paga viagem dos adeptos que estiveram em Old Trafford

A equipa de Wenger foi copiosamente derrotada
Foto
A equipa de Wenger foi copiosamente derrotada Foto: DR

Na sequência da histórica derrota por 8-2 diante do Manchester United, o Arsenal anunciou que vai indemnizar os adeptos que se deslocaram para ver a equipa.

Num comunicado colocado na página oficial do clube na Internet, o Arsenal anuncia que vai contactar os adeptos que estiveram em Old Trafford no domingo, com a oferta de cobrir os custos do bilhete num futuro jogo fora na Premier League.

“O resultado de domingo foi obviamente desapontante para toda a gente ligada ao clube. Os adeptos que se deslocaram foram magníficos e queremos reconhecer o apoio fantástico que nos deram. Vamos contactá-los em breve com os detalhes”, pode ler-se no comunicado.

O Manchester United-Arsenal de domingo terminou com um resultado histórico: 8-2. Já por duas vezes o Manchester United tinha batido o Arsenal por uma margem bem confortável: venceu por 6-1 em 2000-01 e pelos mesmos números em 1951-52.

No domingo, o marcador do Teatro dos Sonhos chegou ao fim da partida com 8-2, favorável aos “red devils”. Correu tudo bem à equipa da casa. Aos 21', Welbeck abria o activo, aos 29', Ashley Young ampliava para 2-0, aos 41', Wayne Rooney transformou um livre directo no 3-0. Antes do intervalo, aos 45', Theo Walcott ainda reduziu para 3-1.

Segunda parte, nova maré de golos. Aos 64', Rooney bisou, novamente de livre, para, dois minutos depois, Nani concluir a jogada do 5-1. O sexto golo dos “red devils” chegaria aos 69’, por Ji-Sung Park.

Para tornar o quadro ainda mais negro, Jenkinson recebeu ordem de expulsão aos 76 minutos, deixando o Arsenal reduzido a dez. Antes, Van Persie tinha reduzido para 6-2, mas o calvário dos “gunners” ainda não tinha terminado. O 7-2 chegou de penálti, por Rooney (autor de um “hat-trick”), e Ashley Young fechou a contagem com um remate de classe, em arco, ao poste mais distante.