Futebol

Benfica não tem excesso de jogadores, garante Rui Costa

Rui Costa defende a política de contratações do Benfica
Foto
Rui Costa defende a política de contratações do Benfica Carlos Manuel Martins (arquivo)

O director desportivo do Benfica, Rui Costa, garantiu nesta sexta-feira que o treinador Jorge Jesus não está preocupado com o número de jogadores que tem à disposição.

"Os que integram o plantel nesta altura foram escolhidos para iniciar a época em conjunto com o treinador. É deste grupo que vão sair os 27 escolhidos. Não há excesso de jogadores", afirmou o director desportivo "encarnado", durante a apresentação dos últimos reforços do plantel, Nolito e Rodrigo Mora.

Rui Costa referiu que a presença de um grupo alargado é justificada pelos compromissos internacionais que vários jogadores vão ter com as suas respectivas selecções.

"Temos jogadores na Copa América e no Mundial sub-20, por isso há vagas que têm de ser preenchidas para completarmos o grupo para a pré-época. Não é a nossa intenção começarmos a época com excesso de jogadores, mas também não podemos diminuir o plantel a ponto de nos arrependermos depois", sublinhou.

A pouco mais de três semanas do primeiro encontro oficial da temporada, a contar para a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, Rui Costa sublinhou que o plantel "não está fechado" e reconheceu a necessidade de contratar mais um defesa central.

Durante a apresentação, que decorreu na sala de troféus do Estádio da Luz, Nolito mostrou-se bastante contente por ter assinado pelo Benfica: "Estou ansioso por começar. O Benfica é um grande clube da Europa, vim a correr para cá", disse o jogador espanhol.

Já Rodrigo Mora, avançado contratado ao Defensor Sporting, do Uruguai, prometeu mostrar serviço: "Vou tentar fazer golos. Estou orgulhoso por estar aqui".