Liga

U. Leiria derrota Nacional e regressa às vitórias

Um golo do avançado Fabrício, na única oportunidade que a sua equipa teve em toda a primeira parte, permitiu a vitória (0-1) da União de Leiria no terreno do Nacional.

Foi o primeiro triunfo dos leirienses desde que o goleador Carlão e o médio Silas abandonaram a equipa, permitindo à formação treinada por Pedro Caixinha subir provisoriamente ao quinto lugar.

Os forasteiros conseguiram um resultado bem melhor que a exibição. A U. Leiria passou cerca de 40 minutos a ver o adversário jogar e o seu guarda-redes Gottardi a segurar o nulo com um punhado de boas desfesas. Um desespero para o técnico Jokanovic que antes de ficar em desvantagem viu Bruno Amaro (7’), Luís Alberto (24’), Skolnik (31’) e Danielson (38’) desperdiçarem boas oportunidades de golo. Falharam e deitaram por terra o bom trabalho desenvolvido pelo trio do meio-campo (Bruno Amaro, Luís Alberto e Skolnik).

O lance que decidiu o jogo surgiu quase em cima do intervalo. Fabrício, com uma eficácia de 100 por cento, recebeu um passe de Leandro Lima nas costas de Patacas, deu dois ou três passos e, na cara de Bracalli, marcou.

O golo alterou por completo o jogo. O futebol rápido e com trocas constantes dos avançados madeirenses que deixavam os defesas da União de Leiria confusos desapareceu. O Nacional ficou tolhido. Como contrapartida, os jogadores de Pedro Caixinha conseguiram finalmente um futebol com outra consistência e, aos 52’, Iturra obrigou Bracalli a uma desfesa complicada. Os forasteiros pouco mais fizeram, mas conseguiram o suficiente para garantir uma vitória no terreno de um adversário directo na corrida por uma posição nas competições europeias.