Presidenciais

Verdes apoiam Francisco Lopes, “único candidato descomprometido com situação actual”

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) formalizou hoje o seu apoio à candidatura presidencial de Francisco Lopes, que considera o único candidato “descomprometido com a situação actual”, anunciou a dirigente ecologista Manuela Cunha.

Depois da decisão de apoiar a candidatura presidencial de Francisco Lopes, aprovada no passado fim-de-semana em Conselho Nacional do partido, dirigentes do PEV formalizaram hoje esse apoio, num encontro com o candidato, na sede nacional do PCP, em Lisboa.

“Este é o único candidato descomprometido com a situação actual que tanto penaliza os portugueses e o país e, ao mesmo tempo, o único candidato comprometido com a luta que se tem travado em defesa de valores como os direitos dos trabalhadores e das populações, de um ambiente mais sadio, de uma melhor qualidade de vida, de uma dinâmica económica que promova o desenvolvimento sustentável do país”, afirmou à Lusa a responsável do PEV Manuela Cunha.

A dirigente sublinhou que Francisco Lopes – também deputado e dirigente do PCP – é o único candidato que “nunca ‘surfa’ em duas ondas como outros candidatos”.

Referindo ainda que Francisco Lopes “traz um património de luta e de apoio a lutas”, Manuela Cunha destacou ainda que o candidato “não tem um discurso de inevitabilidade como os outros, em que o povo é que paga”, apontando “também outras soluções e caminhos para a situação que tanto penaliza o país e o desenvolvimento sustentável”.

Um apoio que Francisco Lopes saudou e classificou que “um estímulo para a e mais um elemento de esperança e de confiança para a batalha por um Portugal melhor e com futuro”.

“O apoio do PEV honra a candidatura e traz novas linhas de apoio para este movimento de ruptura e mudança que a nossa candidatura significa, vinculada aos valores de Abril e a uma necessidade de dar uma resposta aos graves problemas que o país hoje enfrenta, a nível ambiental, ecológico, social, de desenvolvimento, de soberania”.

Além do apoio do PCP, Francisco Lopes já recebera igualmente uma declaração de apoio da Associação Intervenção Democrática, que, a par dos Verdes, integram com os comunistas a coligação CDU, que concorre às eleições europeias, autárquicas e legislativas.