Selecção nacional

Paulo Bento é hoje apresentado como o seleccionador mais novo desde Queiroz

Paulo Bento será acompanhado por três dos colaboradores que teve no Sporting
Foto
Paulo Bento será acompanhado por três dos colaboradores que teve no Sporting Nacho Doce / Reuters (Arquivo)

Paulo Bento vai ser hoje apresentado como novo seleccionador nacional de futebol. O ex-técnico do Sporting assumirá o comando da selecção aos 41 anos, sendo o seleccionador mais novo desde que Carlos Queiroz ocupou pela primeira vez o cargo, em Setembro de 1991, quando tinha 38 anos — pelo meio, em 1994, Nelo Vingada dirigiu, aos 40 anos, dois jogos da selecção mas interinamente.

Após a tentativa fracassada de ter José Mourinho por dois encontros (inviabilizada pela recusa do Real Madrid), Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), convidou ontem Paulo Bento para o cargo e recebeu uma resposta positiva. O líder federativo só não confirmou já a contratação, porque quis esperar pela reunião de direcção de hoje (15h) para oficializar o acordo.

Mas em declarações à Antena 1 Madaíl assumiu que “provavelmente” Paulo Bento será o novo seleccionador. “Penso que sim”, respondeu, quando questionado se o ex-treinador do Sporting será o sucessor de Queiroz, embora salientando que “ainda não está feito o contrato”. Esse vínculo, que deverá ser assinado hoje, terminará em 2012.

“Faltam apenas limar algumas arestas nas negociações para que Paulo Bento possa ser anunciado como novo selecionador”, acrescentou uma fonte federativa à Lusa, explicando que os pontos em aberto eram a constituição da equipa técnica, o lote dos treinadores que irão fazer parte da estrutura do futebol da FPF e ainda se o âmbito das funções de Paulo Bento seria limitado à selecção principal.

Ao que o PÚBLICO apurou, Paulo Bento deverá assumir a coordenação de todas as selecções nacionais, tendo uma palavra a dizer quanto à definição dos técnicos que vão orientar as selecções jovens. Muitos deles foram contratados a pedido de Carlos Queiroz e os respectivos vínculos já terminaram ou terminam em breve, sendo expectável que haja mudanças.

Quanto à equipa técnica da selecção A, Paulo Bento será acompanhado por três dos colaboradores que teve no Sporting, devendo ser eles Leonel Pontes (adjunto), João Aroso (preparador físico) e Ricardo Peres (treinador de guarda-redes).

Apesar de ter um papel transversal, semelhante ao que foi pedido a Carlos Queiroz, a preocupação imediata de Paulo Bento será a selecção principal. Amanhã é o prazo limite para enviar aos clubes as pré-convocatórias dos jogadores escolhidos para os encontros com a Dinamarca (8 de Outubro, no Estádio do Dragão) e Islândia (a 12 de Outubro, em Reiquejavique). Dois encontros decisivos na qualificação para o Euro 2012, depois do empate com Chipre e da derrota com a Noruega.

Uma das curiosidades imediatas é saber se Paulo Bento optará na selecção pelo 4x4x2 em losango de que quase nunca abdicou no Sporting, embora já tenha explicado que “todos os sistemas tácticos” lhe “agradam”. “Já trabalhei com vários, desde o 4x4x2 com que trabalho mais, até ao 4x3x3 que se utilizam nas camadas jovens”, explicou, numa entrevista à SIC Notícias, em 2009.