Motociclismo

Morte de Tomizawa ensombra Grande Prémio de São Marino

Tomizawa na maca, momentos após o acidente
Foto
Tomizawa na maca, momentos após o acidente Stringer/Reuters

O piloto japonês Shoya Tomizawa morreu esta tarde, depois de um acidente na prova de Moto 2, em Misano, no Grande Prémio de São Marino.

O piloto da Suter Racing, de 19 anos, sofreu um grave acidente que lhe provocou traumatismos craniano, torácico e abdominal. De início foi reanimado pelos médicos, ainda no circuito, mas a gravidade dos ferimentos fez com que não resistisse e, já no Hospital de Riccione, às 14h20, confirmou-se o óbito.

Tomizawa seguia em quarto lugar na prova de Moto 2 quando, na 12.ª volta, num troço em que as motos chegam a atingir os 240 km/h, acabou cair e ser atropelado por Alex de Angelis e Scott Redding.

Valentino Rossi, campeão mundial da categoria acima de Moto 2, o MotoGP, lamentou profundamente o acidente: "Quando sucede uma coisa destas, nada mais importa. Vi o acidente na televisão e foi terrível. Era um piloto muito simpático, um rapaz impecável", afirmou.

Notícia corrigida às 17h15