Concelho de Gondomar

Incêndio perto de casas em São Pedro da Cova

Uma mulher tenta combater as chamas em São Pedro da Cova
Foto
Uma mulher tenta combater as chamas em São Pedro da Cova Foto: Adriano Miranda

Algumas casas da freguesia de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar, estão a ser ameaçadas pelas chamas de um incêndio florestal que deflagrou esta tarde na região.

Ricardo Martins, dos bombeiros voluntários de São Pedro da Cova, confirmou ao PÚBLICO que o fogo teve início pelas 12h00 numa zona florestal da freguesia e que as chamas se encontram "muito perto" de algumas habitações.

A mesma fonte indicou que os bombeiros estão a "concentrar os trabalhos junto às casas" para evitar que as chamas se alastrem e cheguem às habitações. O pasto seco junto às mesmas está a preocupar os bombeiros.

Este é um dos quatro incêndios activos no distrito do Porto. Perto de 120 bombeiros tentam controlar o incêndio que deflagrou na tarde de ontem em Lombelho, concelho de Valongo, e que esta manhã se aproximava de uma zona habitacional. Pelas 12h00 estavam no terreno, segundo números da Protecção Civil, 117 e operacionais e 35 viaturas.

O incêndio de Lombelho deflagrou pelas 14h30 de ontem, tendo sido dado por controlado esta manhã. Porém, pelas 09h00 houve uma reactivação e o fogo lavra agora com uma frente activa. “O incêndio foi reactivado, devido ao intenso vento que se faz sentir no local”, explicou o comandante Joaquim Caldas.

Ainda no distrito do Porto, arde uma zona de mato em Tapada, concelho de Baião. No combate às chamas, que deflagraram na noite passada, estão 105 bombeiros, apoiados por 29 viaturas e duas aeronaves. No mesmo distrito, há um terceiro incêndio em Sabugueiro, concelho de Amarante, mobilizando 66 operacionais, 21 viaturas e um helicóptero. Este fogo teve início pelas 06h00 de hoje.

Última actualização às 13h50