Jorge Jesus: “Temos que nos enquadrar na realidade, e a realidade é que perdemos”

Foto
“Não tivemos muita sorte”, lamentou o treinador do Benfica Foto: Brian Snyder/Reuters

Uma semana após a derrota na Supertaça, frente ao FC Porto, o Benfica entrou no campeonato a perder, desta vez em casa, diante da Académica. No entanto, Jorge Jesus negou qualquer relação entre as duas partidas: “Não tem nada a ver, são jogos diferentes. O futebol tem destas coisas, a Académica fez-nos dois golos sem saber bem como. O Benfica na segunda parte praticamente massacrou a Académica, jogou quarenta ou quarenta e cinco minutos na área adversária”.

“Não tivemos muita sorte nos ressaltos nem nas oportunidades que tivemos”, lamentou o técnico “encarnado”, concluindo que a formação da Luz “acabou penalizada”. “Fizemos tudo para ganhar o jogo. Os jogadores tiveram uma postura digna. Temos que nos enquadrar na realidade, e a realidade é que perdemos”, concluiu Jorge Jesus, rejeitando falar na dificuldade em substituir os jogadores que saíram e confirmando que o clube continua no mercado.

Jorge Costa: “Vitória feliz mas merecida”

“O mérito é de todos, mas uma grande fatia vai para os jogadores. Tivemos coragem ofensiva e organização defensiva. Conhecíamos bem esta equipa”, afirmou o treinador da Académica, Jorge Costa. “Foi uma vitória feliz mas merecida”, acrescentou o técnico, que conduziu a equipa à terceira vitória no terreno do Benfica em quatro anos.

Para o resto da época, Jorge Costa promete uma equipa a dar continuidade à imagem deixada este domingo na Luz: “Iremos jogar sempre bem, descomplexados, procurando sempre os três pontos”.