Atletismo

Sporting acaba Taça dos Campeões em segundo lugar

Rui Silva impôs-se no sprint final dos 3000m, com 8m03,30s
Foto
Rui Silva impôs-se no sprint final dos 3000m, com 8m03,30s Foto: Fernando Veludo/nFactos (arquivo)

A equipa masculina do Sporting acabou por não conseguir manter a primeira posição que tinha a meio do certame e terminou mais uma Taça dos Campeões Europeus de clubes no segundo lugar. Não foi possível repetir, assim, a proeza do ano 2000, quando os “leões” foram campeões, dado que os russos do Luch, que antes da derradeira estafeta de 4x400m tinham um só ponto de avanço, acabaram a prova no segundo lugar, contra um sexto dos portugueses, e esticaram a sua vantagem para cinco pontos (119 contra 114). Os italianos do Fiamme Gialle foram terceiros.

No lado feminino, o Sporting terminou na quinta posição, somando 81 pontos. As russas do Luch (136) conseguiram uma vitória folgada, adiante das espanholas do Valência (123) e das checas do USK de Praga, 110).

Em termos individuais, o único vencedor sportinguista do dia foi Rui Silva, ao impor-se no sprint final dos 3000m, com 8m03,30s. Edi Maia surpreendeu positivamente ao acabar em segundo na vara, com 5,40m, e o mesmo fez no disco Jorge Grave, ao lançar 56,30m. Já Francis Obikwelu teve de se contentar com um terceiro lugar nos 200m, com 21,00s, em prova ganha pelo italiano Mateo Galván (20,71s). O ucraniano do Sporting no triplo salto, Viktor Yastrebov, também acabou em terceiro (16,86m), num concurso ganho por uma das vedetas do momento, o francês Teddy Thamgo, que chegou a 17,17m, adiante de Fabrizio Donato (16,96m).

Na prova feminina, Naide Gomes esteve no comprimento mas não passou do quarto lugar, ao fazer 6,49m numa série de quatro saltos em que teve dois nulos. Ganhou a veterana russa Tatyna Kotova, com 6,77m, seguida da eslovaca Jana Veldakova (6,53m) e da turca Karin Melis (6,51m).

No sábado Patrícia Mamona bateu nos Estado Unidos, onde se encontra a estudar na Universidade de Clemson, o recorde nacional do triplo salto. A jovem de 21 anos atingiu 13,88m em Greensboro, na Carolina do Norte, tendo sido segunda da sua prova, e juntou três centímetros à marca que havia feito no Inverno.

Ontem, Sara Moreira correu os 5000m no meeting holandês de Hengelo e acabou com mínimos para os Europeus de Barcelona, em quarto lugar, com 14m59,54s.