Qualificação para o GP de São Marino
1. Valentino Rossi (Yamaha), 1m34,338s
2. Dani Pedrosa (Honda), a 0,222s
3. Jorge Lorenzo (Yamaha), a 0,470s
4. Toni Elias (Honda), a 0,569s
5. Colin Edwards (Yamaha), a 0,846s
6. Nicky Hayden (Ducati), a 0,885s
7. Alex De Angelis (Honda), a 1,005s
8. Andrea Dovizioso (Honda), a 1,154s
9. Randy De Puniet (Honda), a 1,216s
10. Loris Capirossi (Suzuki), a 1,223s
11. Mika Kallio (Ducati), a 1,263s
12. Marco Melandri (Kawasaki), a 1,447s
13. Chris Vermeulen (Suzuki), a 1,452s
14. James Toseland (Yamaha), a 1,732s
15. Aleix Espargaro (Ducati), a 1,890s
16. Niccolo Canepa (Ducati), a 1,926s
17. Gabor Talmacsi (Honda), a 2,753s
MotoGP

Valentino Rossi na “pole” em São Marino

Rossi bateu Lorenzo na última volta
Foto
Rossi bateu Lorenzo na última volta Max Rossi/Reuters

O piloto italiano da Yamaha assegurou neste sábado a “pole position” para o Grande Prémio de São Marino. É a sexta vez nesta temporada que sairá do primeiro lugar da grelha de partida.

Numa qualificação decidida nos últimos instantes, a “pole position” pertencia a Valentino Rossi a pouco mais de um minuto do fim da sessão. Porém, o companheiro de equipa e rival Jorge Lorenzo conseguiu ser mais veloz e parecia ter assegurado o tempo mais rápido.

Rossi, que até já tinha recolhido à “box”, voltou a sair para a pista e, na derradeira volta que deu ao circuito de Misano, garantiu a sexta “pole position” desta época, com um tempo de 1m34,338s.

O Grande Prémio de São Marino, 13.ª prova do Mundial de MotoGP, realiza-se domingo às 13h (SP-TV2).